Avaí confirma pré-temporada de 15 dias em Águas Mornas Marco Favero/Diário Catarinense

Foto: Marco Favero / Diário Catarinense

O Avaí acertou a realização da pré-temporada fora das instalações de Ressacada. O elenco vai para Água Mornas por 15 dias e a programação vai avançar por poucos dias depois da estreia no Campeonato Catarinense 2019. Desta forma, o Leão vai encarar o Metropolitano, na primeira rodada do Estadual, durante o período de preparação voltada ao aspecto físico.

Os atletas se apresentam no dia 2 de janeiro e iniciam as avaliações físicas e exames médicos. Dois dias depois, em 4 de janeiro, o grupo vai para Águas Mornas, fica no Águas Mornas Palace Hotel, que abrigou a pré-temporada deste ano. O período de preparação no local vai até o dia 19 de janeiro. Portanto, os jogadores deixam a cidade da Grande Florianópolis, para o duelo ante o Metrô na Ressacada, no dia 17, e retornam para mais dois dias de treinamentos e vão direto para Joinville, para o compromisso da segunda rodada do Estadual, ante o JEC, no dia 20.

De acordo com o diretor de futebol do Avaí, Joceli dos Santos, os 15 dias em Águas Mornas são importantes para a preparação ao ano. Principalmente no aspecto físico.

— Será importante para a nossa caminhada em 2019 esta preparação. A imersão dos atletas em duas semanas vai representar muito para o desenvolvimento do trabalho ao longo da temporada. Foi assim este ano, quando tivemos uma grande performance na área de preparação física. A concentração une mais o grupo de atletas em torno de objetivos comuns para o clube — disse.

O Leão vai utilizar campos de times amadores de Águas Mornas para treinamentos, do Beira-Rio e do Santa Cruz. O responsável pela manutenção dos gramados na Ressacada e CFA, Adenir Silva, conferiu a situação deles e recomendou pequenas manutenções. O diretor administrativo do Avaí,  Luciano Correa, também definiu procedimentos junto ao hotel que vai abrigar atletas e comissão técnica e ficou satisfeito com as condições ao trabalho.

Leia mais notícias sobre o Avaí

 Veja também
 
 Comente essa história