O preferido para o gol azurra: Avaí está de olho em Ivan, joia da Ponte Preta Fábio Leoni / Ponte Preta/Ponte Preta

Ivan atuou em 62 das 63 partidas da Macaca na temporada 2018

Foto: Fábio Leoni / Ponte Preta / Ponte Preta

O goleiro Ivan, da Ponte Preta, é a bola da vez no Avaí. Com as saídas de Aranha, Kozlinski e Rubinho, que não terão seus contratos renovados após o acesso, o Leão está em busca de um novo camisa 1. O titular da Macaca na Série B do Brasileiro, ao que tudo indica, deve ser o escolhido da diretoria azurra.

Em participação no Estádio CBN, da CBN Diário, na noite da última segunda-feira, o presidente Francisco Battistotti disse que o Avaí fará somente uma contratação para o início de 2019: um goleiro. A Ponte Preta tem interesse no lateral-esquerdo Capa, o que facilitaria na transação.

– A única contratação para o estadual é um goleiro. Nós vamos ficar com o Léo Lopes e o Cláudio Vitor e está vindo um goleiro, que já está acertado e só falta assinar. Está acertado, mas não está assinado. Se eu comentar agora (o nome), eu vou ter problema. É um goleiro que se destacou. Então deixa eu assinar para depois poder falar – disse Battistotti.

Aos 21 anos e formado no Guarani, Ivan desembarcou na Ponte Preta junto do preparador de goleiros Betão Guastali. Se destacou na base e após uma ligação de Eduardo Baptista, treinador na época, ficou pronto para ser o dono da meta da Macaca em 2018, já que Aranha não iria permanecer no clube.

Apesar da intenção do Avaí em comprar 50% dos direitos econômicos de Ivan junto à Ponte, o presidente pontepretano José Armando Abdalla Junior negou a possibilidade de negociar o jovem arqueiro. O contrato de Ivan com a Macaca vai até 2023. 

– Fake news. Não existe a menor possibilidade disso aí – se limitou a dizer o dirigente da Macaca em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira.

Os números de Ivan no primeiro ano como titular da Ponte são excelentes. Dos 63 jogos do time em 2018, ele esteve em campo 62 vezes. Poupado, ficou fora só em uma partida no Torneio do Interior.  Ainda foram 29 confrontos sem sofrer gol na temporada.

A opinião de quem acompanha a Ponte Preta

Gustavo Biano - Repórter da EPTV
A presença de Ivan como titular no início do ano gerou dúvida. Isso mudou de cara ao defender um pênalti de Jadson, do Corinthians, na estreia do Paulistão. Ganhou respeito. Tem atuações seguras, apesar da pouca idade. 

Heitor Esmeriz - Repórter do GloboEsporte.com
Ivan é um jovem goleiro de muito potencial, que tem no reflexo e na elasticidade as principais qualidades. Por ser novo, ainda tem pontos a melhorar, principalmente na saída de gol em bolas aéreas. 

 Veja também
 
 Comente essa história