O meia Régis, que jogou a Série B pelo América-RN, é o novo reforço da Chapecoense para o Catarinense. Nesta segunda-feira o jogador correu separado do grupo ao lado do zagueiro Alemão.

O jogador de 22 anos será apresentado na quarta-feira, mas não deve estar à disposição para o confronto contra o Marcílio Dias. Régis fez a base no São Paulo. O único problema é que, a exemplo de Wescley, é canhoto.A direção buscava um meia direita mas até agora não conseguiu um jogador que se enquadre na qualidade exigida e dentro dos padrõs salariais do time.

O diretor de futebol da Chapecoense, Mauro Stumpf, disse que o acerto com o jogador foi antes da derrota na estreia para o Juventus, no sábado. E afirmou que o mau resultado por enquando não motiva a busca de mais jogadores. -Nem tudo está certo, nem tudo está errado- complementou o gerente de futebol Cadu Gaúcho.

Régis é o décimo reforço da Chapecoense para o Campeonato Catarinense.

DIARIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história