Chapecoense vence o Princesa do Solimões de virada pela Copa do Brasil Cleberson Silva/Chapeconse F.C

Foto: Cleberson Silva / Chapeconse F.C

A sexta participação da Chapecoense na Copa do Brasil começou com vitória. O time do Oeste viajou mais de 3,5 mil quilômetros para o Amazonas e venceu o Princesa do Solimões por 2 a 1, de virada, em partida disputada no Estádio Gilberto Mestrinho, nesta quarta-feira. O gol do time da casa foi marcado por Michell Parintins. O zagueiro Rafael Lima e o volante Josimar anotaram para o Verdão do Oeste. O confronto de volta será na Arena Condá na próxima quinta-feira, às 19h15min. Quem se classificar encara o Paraná ou o Estanciano na próxima fase do torneio. Em 2015, a equipe catarinense foi eliminada pelo Sport no pênaltis, na segunda fase.

Leia mais notícias da Chapecoense
Acesse a tabela da Copa do Brasil
Veja como foi a partida no minuto a minuto

O resultado mantém a Chapecoense invicta no ano. O time do técnico Guto Ferreira ainda não sofreu nenhuma derrota. O Verdão do Oeste já está classificado para a final do Campeonato Catarinense, onde volta a campo no domingo, às 18h30min, contra o Metropolitano, em Jaraguá do Sul.

A equipe mesclada da Chapecoense sentiu o ritmo imposto pelo time da casa e demorou a se encontrar na partida. O time do Oeste sofreu com a alta temperatura e o clima abafado da cidade de Manacapuru e tomou o primeiro gol logo ao seis minutos. Michell Parintins anotou um golaço, após jogada rápida pela direita. Ele aproveitou o rebote e tocou por cobertura, sem chance de defesa para o goleiro Marcelo Boeck.

Depois da parada técnica, a equipe catarinense melhorou e começou a criar mais situações. O gol de empate foi pelo pés do zagueiro Rafael Lima. O goleiro do Princesa salvou a primeira tentativa de cabeça de Lima, mas na segunda chegada, não teve chance. Na cobrança de escanteio, Rafael Lima recebeu livre na área e finalizou para gol, aos 47 minutos.

- Tivemos uma dificuldade inicial de adaptação ao piso, o time entrou inseguro, mas esperávamos essa correria e empolgação do adversário - avaliou o técnico Guto Ferreira.

O intervalo fez muito bem para a Chapecoense. A segunda etapa começou completamente diferente da primeira. Pressionando, a Chape imprimiu o ritmo e logo teve oportunidade de virar o placar com jogada de Lucas Gomes e Kempes, mas a zaga do Tubarão acabou tirando na hora certa.

A Chapecoense continuou pressionando. A equipe da casa se segurava como dava e ainda teve uma boa chance no contra-ataque puxado por Lacraia. Ele chutou cruzado, mas o goleiro Marcelo Boeck conseguiu afastar o perigo. A Chape continuou criando, jogando para cima do adversário, e chegou ao segundo gol com o Josimar, aos 42 do segundo tempo. O volante mandou uma pancada de fora da área e fez o vira do Verdão. Belo gol.

FICHA TÉCNICA

PRINCESA DO SOLIMÕES (1)

Rascifran; Emerson, Pastor, Ítalo (Samir), Guilherme; Amaral, Denis, Michell Parintins, Vander (Lacraia); Raimundo e Nando (Branco)
Técnico: Zé Marco

CHAPECOENSE (2)

Marcelo Boeck; Cláudio Winck, Rafael Lima, William Thiego, João Lucas; Josimar, Gil, Nenén (Rodrigo Andrade); Lucas Gomes (Lourency), Kempes e Silvinho (Martín Alaníz)
Técnico: Guto Ferreira

Gols: Michell Parintins, aos 6 minutos do 1º tempo; Rafael Lima, aos 47 do 1º tempo e Josimar aos 42 minutos do 2º tempo
Cartões amarelos: Cláudio Winck, Kempes, João Lucas, William Thiego (C); Lacraia (P)

Arbitragem: Avelar Rodrigo da Silva, Marcione Mardonio da Silva Ribeiro e Anderson Moreira de Farias (trio do CE)
Local: Estádio Gilberto Mestrinho, em Manacapuru (AM)

 Veja também
 
 Comente essa história