O zagueiro Douglas Grolli, que disputou o Campeonato Brasileiro pela Ponte Preta, é o primeiro reforço da Chapecoense para 2017. A direção não confirmou ainda o acerto mas o empréstimo do Cruzeiro, que detém o passe e pagará 80% do salário, já é dado como certo na imprensa mineira.

Grolli foi campeão catarinense pela Chapecoense em 2011, voltou ao clube em 2014 e agora novamente estará na Arena Condá Foto: Sirli Freitas / Agencia RBS

O irmão do zagueiro, Márcio Grolli, que mora em São Miguel do Oeste, disse que não falou com o irmão nesta terça-feira mas que a negociação estava encaminhada para ele voltar para a Chapecoense.

- Pode confirmar – disse Márcio.

Ele destacou que o irmão foi forjado dentro do clube, tem essa identificação com a Chapecoense, e depois voltou bem também no time catarinense.

- Ele foi revelado e depois ressurgiu na Chapecoense – afirmou Márcio.

Douglas Grolli foi campeão Catarinense em 2011 pela Chapecoense. Seu desempenho chamou a atenção do Grêmio, que o contratou. No clube gaúcho começou bem mas depois perdeu espaço. Foi emprestado para o São Caetano em 2013 e, em 2014, foi para o Londrina onde sagrou-se campeão Paranaense. Voltou a jogar pela Chapecoense em 2014 e, em 2015, foi para o Cruzeiro. Acabou sendo emprestado para a Ponte Preta em 2016.

 Veja também
 
 Comente essa história