Após o Barça, Chapecoense faz jogo-treino com Lyon, na França, e depois vai ao Japão Angelica Luersen/Especial

Delegação alviverde ainda encara viagens para França e Japão antes de retorno ao Brasil

Foto: Angelica Luersen / Especial

A derrota para o Barcelona, nesta segunda-feira, foi o primeiro dos quatro compromissos da Chapecoense longe da América do Sul neste ano. A equipe ainda encontra o Lyon, na França, o Urawa Red Diamonds, na decisão da Copa Suruga, no Japão, e ainda tem a Roma, na capital italiana, em seu calendário internacional.

Depois do revés por 5 a 0 no Camp Nou, a delegação verde viaja para a França. Nesta terça, dia seguinte ao 5 a 0 sofrido no troféu Joan Gamper, a Chape estará no CT do Lyon para jogo-treino. De acordo com o clube francês, a atividade vai reunir atletas do plantel profissional e também das categorias de base. Depois, o Verdão do Oeste de Santa Catarina vai para a última das seis competições de 2017, a Copa Suruga.

Na condição de campeão da Sul-Americana do ano passado, a Chapecoense vai enfrentar o vencedor da J-League, a liga de futebol do Japão. O adversário será o Urawa Red Diamonds, no estádio de Saitama. A partida será na próxima terça, dia 15, com o horário ainda não definido pela organização.

Depois, a Chapecoense retorna ao Brasil e o próximo jogo no Campeonato Brasileiro está marcado para o dia 20, o domingo seguinte, diante do Palmeiras, em São Paulo. O jogo contra o Corinthians na Arena Conda, pela 20ª rodada – que ocorre neste fim de semana –, foi remarcado para o dia 23. A Chape ainda joga uma terceira partida no Brasileirão (dia 27, contra o Avaí, na Ressacada) e depois vai para a Itália.

Com espaçamento entre jogos da Série A por conta de partidas das Eliminatórias para a Copa do Mundo (datas Fifa), a Chape aproveita para ir à capital italiana para encontrar a Roma. O amistoso está previsto para o dia 1º de setembro. O Brasileirão será retomado pelo Verdão do Oeste no dia 10 do mês seguinte, quando enfrenta o Cruzeiro, na Arena Condá, pela 23ª rodada.

Viagem à França:

Goleiros: Artur Moraes e Jandrei 

Laterais: Alan, Apodi, Diego Renan, Roberto e Zeballos 

Zagueiros: Fabrício Bruno, Grolli e Luiz Otávio 

Volantes: Moisés, Moisés Ribeiro, Lucas Marques, Lucas Mineiro e Luiz Antônio

Meias: Seijas e Neném 

Atacantes: Júlio César, Túlio de Melo, W. Paulista e Guerrero

Leia também: 
Neto: "Daqui a 200 anos vão falar que a Chapecoense esteve no Camp Nou"
Retorno de Alan Ruschel inspira a Chapecoense contra o gigante espanhol

Leia outras notícias sobre a Chapecoense


 Veja também
 
 Comente essa história