"Não foi pênalti", diz Zlatan, do Urawa, sobre lance que decidiu jogo contra a Chapecoense AFP/AFP

Zlatan e Grolli caíram dentro da área e o árbitro marcou pênalti, um erro na visão do atacante do Urawa

Foto: AFP / AFP

O jogo se encaminhava para os minutos finais. O relógio apontava 42 minutos do segundo tempo e a possibilidade de decisão da Copa Suruga nos pênaltis era quase certa. A bola foi lançada dentro da área da Chapecoense. O atacante esloveno Zlatan Ljubikankic foi ao encontro dela e tombou com o zagueiro Grolli. O árbitro Jong Hyeok Kim marcou a penalidade, desencadeando protestos dos jogadores do Verdão. 

Depois da partida, Túlio de Melo contou que conversou com o adversário ainda dentro de campo. 

— Houve a falta em mim, o lance seguiu na dividida de bola dentro da área. Um lance normal. Eu não vi, estava longe, mas depois o próprio jogador deles, o Zla, falou que se o juiz fosse até ele e perguntasse, ele falaria que não foi pênalti. Ele não iria, mas se o juiz fosse até ele, falaria que não foi pênalti. Eu fui até o juiz, falei com ele pra ter a sensibilidade naquele momento de conversar com o atleta do time deles, que ajudaria naquele momento de decisão, que decidiria o jogo. E ele não teve a sensibilidade de perguntar ao atleta. Infelizmente, só bastava ir conversar com atleta do time deles, que iria falar que não foi pênalti — revelou Túlio de Melo. 

Para Eutrópio, Chapecoense demorou a se adaptar ao estilo de jogo dos japoneses

Na zona mista após o confronto, Zlatan conversou com a reportagem do Globo Esporte e confirmou que, na opinião dele, o árbitro errou ao marcar a penalidade. 

— Como eu disse, eu não estava pedindo pênalti naquele momento e na minha opinião não foi pênalti. Mas é futebol e algumas vezes o árbitro comete erros. Mas se ele me perguntasse, eu diria que não foi pênalti. O árbitro não me perguntou nada. É difícil, eu não posso chegar nele e falar. Se ele tivesse me perguntado eu diria que não foi pênalti, é uma situação difícil.

O pênalti foi cobrado por Abe, depois de muita reclamação da Chapecoense. Com o gol assinalado e a vitória de 1 a 0, o Urawa ficou com o título da Copa Suruga.

Leia mais notícias da Chapecoense

 Veja também
 
 Comente essa história