Atacante da Chapecoense sonha com artilharia Sirli Freitas / Chapecoense / Divulgação/Chapecoense / Divulgação

Leandro Pereira treina forte para superar meta de 2014, quando fez dez gols no Campeonato Brasileiro

Foto: Sirli Freitas / Chapecoense / Divulgação / Chapecoense / Divulgação

Apesar de estar longe de Roger Guedes, artilheiro do Brasileirão, com nove gols, o centroavante da Chapecoense, Leandro Pereira, declarou em entrevista coletiva nesta quinta-feira que sonha com a artilharia do nacional. Questionado sobre seu objetivo individual declarou:

- O objetivo individual de todo centroavante é fazer gols e ajudar o time. Meu objetivo maior é ser artilheiro do campeonato, do time. Consequentemente dessa maneira vou ajudar o coletivo – disse o atacante.

A meta é difícil, já que a concorrência é grande. Mesmo que o Atlético-MG negocie Roger Guedes o atacante Willian, do Palmeiras, por exemplo, tem sete gols. Na própria Chapecoense Leandro ainda tem que superar Wellington Paulista, que tem três, e Arthur Caike, que foi negociado para o Pyramids, do Egito, e ficou com quatro gols na competição.

Mas em 2014 Leandro Pereria chegou a marcar dez gols no nacional, pela Chapecoense, isso que nem foi titular em parte do campeonato.  

O atacante também lamentou as saídas do próprio Arthur e de Apodi.

- O time perde muito. Eram dois titulares que vinham ajudando muito. O Arthur tinha quatro gols e o Apodi ajudava muito. O time perde bastante mas o Gilson confia em todos e vai repor da melhor maneira – destacou.

Leia mais notícias sobre a Chapecoense no DC


 Veja também
 
 Comente essa história