Chape envia jogo de camisas aos meninos que ficaram presos em caverna na Tailândia Divulgação/Chapecoense

Foto: Divulgação / Chapecoense

A Chapecoense enviou um jogo de camisas completo e personalizado para ao time dos meninos que ficaram presos em caverna na Tailândia e foram resgatados no último dia 10. O envio foi feito na última terça-feira e os Javalis Selvagens, como é chamada a equipe dos garotos entre 11 e 16 anos, poderão vestir camisas da Chape com o nome de cada um dos jovens tailandeses.

Os 12 meninos e seu treinador passaram 17 dias presos em uma caverna de Tham Luang, no norte do país. A Chape contou com o apoio da prefeitura de Chapecó e do Itamaraty para poder enviar o presente, que foi acompanhado por uma carta assinada pelo presidente Plinio David De Nes Filho.

As camisas são um reconhecimento da Chapecoense aos jovens "pela força e resistência demonstradas ao terem sobrevivido por tantos dias sem água, comida e medicamentos, eles se tornaram um exemplo de superação", conforme nota divulgada pelo clube nesta quinta-feira.

No dia 23 de junho, os garotos e seu treinador procuraram abrigo da chuva na caverna e foram surpreendidos com uma inundação nos túneis alagados pelo volume de água. Eles foram encontrados nove dias depois do ocorrido. No último dia 10 todos foram resgatados por uma equipe de mergulhadores.

Leia mais notícias sobre a Chapecoense no DC


 Veja também
 
 Comente essa história