Jandrei é retirado de amistoso e deve ser anunciado pelo Sampdoria Sirli Freitas/Chapecoense

Jandrei está próximo de atuar na Itália, no Sampdoria

Foto: Sirli Freitas / Chapecoense

O goleiro Jandrei foi retirado da relação e jogadores para o amistoso desta quarta-feira, a partir das 20h30, contra o San Lorenzo, em virtude das negociações com o Sampdoria da Itália.

O presidente do clube, Plínio David de Nes Filho, afirmou no final da tarde que os dois clubes estavam negociando mas que o venda ainda não tinha sido fechada.

No entanto o teor da nota divulgada pelo próprio clube dá a entender que não falta muito para o acerto:

“Assim que a negociação for concluída, com as assinaturas dos contratos entre todas as partes envolvidas, informaremos a todos de forma igualitária”, diz um trecho da nota.

Nos bastidores é comentado que os italianos teriam oferecido inicialmente dois milhões de euros (R$ 9 milhões) e a Chapecoense teria pedido três milhões (R$ 13,5 milhões). 

Jandrei chegou na Chapecoense durante o Catarinense de 2016, para ser o terceiro goleiro. Com falhas de Arthur Moraes na final do estadual e na Recopa, foi lançado na estreia do Brasileirão contra o Corinthians, no Itaquerão, e garantiu o empate por 1 a 1, não saíndo mais do time. No final doa no a Chapecoense comprou 60% dos direitos econômicos do goleiro, renovando até 2021. Outros 40% pertencem ao Tubarão. 

Caso seja confirmada a venda a Chapecoense vai buscar um novo goleiro. Por enquanto o goleiro Ivan, ex-Joinville, assume a meta do Verdão.

Leia mais notícias sobre a Chapecoense no DC


 Veja também
 
 Comente essa história