Chapecoense perde para o Corinthians e está fora da Copa do Brasil TARLA WOLSKi/Estadão Conteúdo

Chapecoense perdeu para o Corinthians por 1 a 0 na noite desta quarta-feira na Arena Condá

Foto: TARLA WOLSKi / Estadão Conteúdo

A Chapecoense está eliminada da Copa do Brasil após uma nova derrota por 1 a 0 diante do Corinthians, na noite desta quarta-feira (15), na Arena Condá, mesmo placar do jogo de ida, em São Paulo. O sonho de chegar na semifinal da Copa do Brasil ficou pelo caminho. Jadson marcou o gol corintiano, aos 38 minutos do segundo tempo. O adversário dos paulistas será o Flamengo, que eliminou o Grêmio.

Sem poder contar com os novos contratados por não estarem inscritos na Copa do Brasil, como o argentino Diego Torres, autor de um dos gols na vitória sobre o Corinthians no domingo, a Chapecoense encarou um Corinthians com os titulares que haviam sido poupados no Brasileirão.

Também não pode contar com o atacante Leandro Pereira, que já atuou pelo Sport na competição. Com isso não tinha muitas opções.

O primeiro tempo foi de muita disposição e poucas chances de gol. O Corinthians finalizou primeiro numa cobrança de falta de Jadson que Romero cabeceou fraco e Jandrei deu um tapa na bola, cedendo escanteio.

A principal jogada da Chapecoense era nas cobranças de falta de Canteros. Numa delas, Thyere até marcou um gol, mas estava em impedimento. O árbitro Leandro Vuaden chegou a consultar o árbitro de vídeo, Rafael Traci, que confirmou a irregularidade.

O Corinthians teve outra finalização perigosa, com Jadson, de fora da área, que Jandrei espalmou. 

Na segunda etapa o panorama da partida não mudou muito. O Corinthians segurava a vantagem de 1 a 0 na partida de ida e a Chapecoense não tinha forças para romper a marcação do adversário.

Logo aos três minutos Douglas chutou com perigo à direita do gol de Jandrei. A Chapecoense chegou com bem num cruzamento da esquerda na área que Kendy finalizou para fora. 

A classificação corintiana praticamente ficou selada em cobrança de falta de Jadson, aos 38 minutos do segundo tempo, em curva, que surpreendeu Jandrei. 

Mesmo assim foi a melhor classificação da Chapecoense em oito edições da Copa do Brasil. Mesmo sem ter marcado gol, a Chapecoense chegou nas quartas-de-final ao eliminar o Atlético-MG nos pênaltis. Além disso, para o time catarinense, a vitória mais importante diante dos paulistas foi no domingo, por 2 a 1, pelo Brasileirão.

Agora o time catarinense se dedica exclusivamente ao Campeonato Brasileiro, onde está na 13ª colocação, com 21 pontos. O próximo adversário é o São Paulo, domingo, no Morumbi.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE-0: Jandrei, Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco (Alan Ruschel); Márcio Araújo, Amaral , Canteros e Yann (Doffo);  Wellington Paulista e Bruno Silva (Kendy). Técnico: Guto Ferreira.

CORINTHIANS-1: Cássio, Fágner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel, Douglas (Ralf), e Jadson; Clayson (Mateus Vital), Emerson Sheik (Jonathas) e Romero. Técnico: Osmar Loss.

Gols: Jadson (CO), aos 38 minutos do segundo tempo.

Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden (RS), auxiliado por Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Guilherme Dias Camilo (MG)

Cartões amarelos: Amaral, Kendy (CH); Emerson Sheik, Cássio, Romero e Clayson (CO).

Local: Arena Condá, em Chapecó.

Público: 11.438

Renda: R$ 389.005,00

Leia mais notícias sobre a Chapecoense

 Veja também
 
 Comente essa história