Criciúma tenta refletir ascensão em melhora no aproveitamento em casa Guilherme Hahn/Especial

Equipe busca ascensão também no aproveitamento dos pontos disputados no Heriberto Hülse

Foto: Guilherme Hahn / Especial

A força do Criciúma no Heriberto Hülse foi retomada, mas ainda há necessidade da equipe elevar o aproveitamento dentro de casa. Enquanto é sétimo colocado na classificação geral, após 20 rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro., o Carvoeiro está na 13ª posição apenas em jogos como mandante – cinco vitórias e um empate nas nove partidas. O Tigre voltou a ser respeitado na capital do carvão, mas precisa elevar os atuais 59,3% de aproveitamento em seus domínios.

— Tínhamos uma maneira de jogar antes, em cima da posse de bola. Quando houve a mudança de comando, com o (técnico Luiz Carlos) Winck, nosso time passou a jogar menos com a bola e passou a ser mais efetivo ao agredir o adversário. Hoje conseguimos assimilar a forma que a equipe joga, os adversários respeitam mais o Criciúma principalmente no Heriberto Hülse — disse o meia-atacante Alex Maranhão.

A oportunidade de conseguir melhorar o aproveitamento é nesta sexta-feira. Às 20h30min, o Criciúma vai enfrentar o Oeste. No primeiro turno, o Tigre perdeu na Arena Barueri. O último jogo do Carvoeiro no Heriberto Hülse foi com derrota por 2 a 1 para o Brasil-RS. 

Leia mais:
Pelo acesso, Criciúma busca começo de returno diferente do desempenho no primeiro turno
Leia mais informações sobre o Criciúma
Acesse a tabela da Série B

 Veja também
 
 Comente essa história