Após cumprir suspensão, Alex Maranhão está de volta ao Criciúma diante do Londrina Lariane Cagnini / Diário Catarinense/Diário Catarinense

Grupo treinou no Heriberto Hülse pela manhã

Foto: Lariane Cagnini / Diário Catarinense / Diário Catarinense

A movimentação começou um pouco mais cedo nesta sexta-feira no Heriberto Hülse. Depois da entrevista coletiva de Beto Campos, às 9h o Criciúma já estava no gramado para iniciar o último treino antes da partida deste sábado, contra o Londrina. O time carvoeiro precisa vencer em casa, pois o último triunfo diante do torcedor foi dia 9 de setembro, contra o Luverdense, 2 a 1. Conquistar os três pontos é indispensável se o time quiser manter as chances de buscar o G-4.

Durante a semana, Beto treinou o mesmo time titular das últimas partidas, com o retorno de Alex Maranhão no meio depois de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Douglas Moreira volta para o banco, e Beto vai começar a partida de amanhã com Luiz; Maicon Silva, Nino, Edson Borges e Diego Giaretta; Barreto, Ricardinho, Caique e Alex Maranhão; Silvinho e Lucão.

A dupla de atacantes do Tigre já marcou 15 vezes nesta Série B, e Silvinho é o artilheiro do time na competição. Lucão não balança a rede desde a derrota por 2 a 1 para o Juventude, dia 12 de setembro, mas tem a confiança do treinador que espera um bom desempenho dele no jogo.

— A gente tem procurado deixar ele tranquilo, é um jogador importante mesmo não estando fazendo gol, deu um passe maravilhoso para o gol do Silvinho contra o CRB, tem sido participativo, e é o momento. O atacante passa por isso, mas a gente tem conseguido fazer gols, pode estar ai um pouquinho a dificuldade de não ter feito mais para buscar as vitórias, mas é um jogador que tem toda nossa confiança e esperamos que já nesse jogo ele possa marcar — explicou o treinador.

O reserva do goleiro Luiz, Edson, sentiu um desconforto e não treinou na manhã desta sexta. Depois do tradicional bobinho, o preparador físico Márcio Corrêa dividiu o grupo em dois e propôs um aquecimento descontraído. Ele ordenava uma letra, ou número, e o grupo que deitasse no gramado e fizesse a forma correta mais rápido ganhava um ponto. Ao final, a turma que menos pontuou foi "penalizada" na brincadeira do "corredor polonês".

Na banco, Bato vai poder contar com Caio Rangel, Diogo Mateus, Douglas Moreira, Erick Flores, Fabinho Alves, Ianson, Jefferson, Jocinei, Jonatan Lima, Kalil, Moisés e Vinicius. No treino em campo reduzido, foco no trabalho do meio e do ataque. Pela direita, Erick Flores e Caique alternaram na posição, e na esquerda, Caio Rangel e Silvinho, opções que podem aparecer durante o jogo conforme a necessidade, explica o treinador.

— A gente está trabalhando, não tem porque esconder, situação que daqui a pouco o jogo vai nos colocando e a gente precisa observar. Informações de que Silvinho já dez esse posicionamento (pelo meio), fizemos também com Silvinho e dois atacantes de lado, pode fazer isso também com um meia, enfim, se houver a necessidade. A gente sabe que é um jogo que nós vamos ter que usar toda nossa experiência, ter paciência, é uma equipe forte que está do outro lado em um momento bom, nós temos 90 minutos mais os acréscimos para buscar essa vitória que é muito importante para nós — concluiu.

Leia mais:
Lateral do Criciúma quer espantar fantasma em casa com vitória diante do Londrina
Criciúma se cobra por melhora em casa para seguir com chances de acesso
Leia outras notícias sobre o
Criciúma
Acesse a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro  

 Veja também
 
 Comente essa história