Elenco do Criciúma não consegue explicar sequência de derrotas DENNY CESARE//ESTADÃO CONTEÚDO

Foto: DENNY CESARE / /ESTADÃO CONTEÚDO

Não foi desta vez que o Criciúma interrompeu a sequência de derrotas no início da Série B do Campeonato Brasileiro e chegou ao quinto revés consecutivo. Na noite desta terça-feira, o Tigre perdeu para o Guarani, por 1 a 0, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas, pela quinta rodada. Após a partida, os jogadores preferiram não tecer muitos comentários sobre o jogo e se limitaram a prometer empenho para buscar a reação.

— Fizemos um primeiro tempo muito ruim e melhoramos bastante no segundo tempo. Mas um momento como este não se explica, é preciso reagir. A cobrança vai aumentar, precisamos ter tranquilidade, falar menos e trabalhar mais — declarou o goleiro Luiz.

O zagueiro Sandro, que teve nos minutos finais do confronto a chance do gol de empate, também evitou dar explicações sobre a quinta derrota seguida. Ele, porém, valorizou a evolução do time no segundo tempo.

— Criamos e finalizamos bastante e, infelizmente, a bola não entrou. É complicado falar, explicar. Temos que trabalhar — disse o defensor.

O resultado mantém o Criciúma na vice-lanterna, mas a situação pode piorar caso o Boa Esporte pontue diante do CSA sábado, fora de casa, em Maceió. O próximo adversário do Tigre é o Juventude, na próxima terça, às 21h30min, no Heriberto Hülse.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018
Leia mais notícias sobre a
Série B do Brasileiro 2018

 Veja também
 
 Comente essa história