Morre Zé Carlos, ex-técnico do Criciúma campeão em 1986 Arquivo Cruzeiro Esporte Clube/Arquivo Cruzeiro Esporte Clube

Zé Carlos construiu a maior parte da história no futebol defendendo as cores do Cruzeiro, nas décadas de 60 e 70

Foto: Arquivo Cruzeiro Esporte Clube / Arquivo Cruzeiro Esporte Clube

Técnico campeão catarinense pelo Criciúma em 1986, José Carlos Bernardo, o Zé Carlos, morreu na manhã desta terça-feira (12) em Belo Horizonte (MG). A causa da morte não foi divulgada. O ex-futebolista sofria com as debilitações causadas por um acidente vascular cerebral (AVC) e residia com a família na cidade mineira de Contagem.

Zé Carlos construiu a maior parte da própria história no Cruzeiro, onde conquistou 9 títulos mineiros nas décadas de 60 e 70 como jogador, além de uma Taça Brasil (1966) e uma Taça Libertadores da América (1976). Ele trabalhou no staff da Raposa até 2013, quando pediu desligamento e se afastou do futebol.

No futebol catarinense, Zé Carlos foi o técnico do Criciúma campeão catarinense de 1986, quando o Tigre interrompeu uma sequência de oito títulos consecutivos do Joinville, ao vencer o rival do Norte por 2 a 0 no Estádio Heriberto Hülse, com dois gols de Jorge Veras. Foi a primeira conquista tricolor desde a mudança do nome de Comerciário para Criciúma.

De acordo com os dados do site Meu Time na Rede, Zé Carlos comandou o Criciúma em 133 jogos oficiais entre 1986 e 1988, com um aproveitamento de 57%.

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Criciúma

 Veja também
 
 Comente essa história