Auxiliar técnico do Criciúma vê ganho de confiança com saída do Z-4 Guilherme Hahn/Especial

Foto: Guilherme Hahn / Especial

Com o técnico Mazola Júnior suspenso, coube ao auxiliar Marcelo Dias comandar o Criciúma à beira do campo na vitória por 1 a 0 sobre o Vila Nova. Para o comandante temporário, o triunfo foi importante para tirar o Tigre do Z-4 da Série B e dar confiança ao elenco, mas não pode ser motivo para que o time baixe a guarda na sequência da competição.

— Calma é uma palavra não cabe para nós nesse momento. Trabalhamos com pontos, jogo a jogo. Ainda não terminou o turno, mas a ideia é fazer um bom campeonato. Isso passa jogo a jogo. Não podemos pensar no fim da competição porque temos o Sampaio Correia agora. Essa vitória de hoje foi importante não só para a tabela, mas para fortalecer o grupo e fazer cada jogador sentir a sua importância — enalteceu Dias.

Como braço direito de Mazola, foi Marcelo Henrique quem viajou a Florianópolis na última terça-feira para assistir à partida da última rodada, entre Figueirense e Vila Nova. Essa avaliação embasou a montagem do time do Criciúma e nas orientações para cada jogador.

— A gente alinhou o time de hoje de uma forma muito específica para o adversário. Eu conheço bem o Vila Nova. O importante seria ganhar. A plástica da partida não interessava, só a vitória — disse Dias.

Com quatro desfalques no sistema defensivo (goleiro, lateral-direito e dois zagueiros), o auxiliar valorizou a dedicação de jogadores que não são titulares frequentes, mas fizeram atuações sólidas contra o Vila Nova. Foi o caso dos estreantes Belliato e Jacy Maranhão e do lateral-direito Carlos Eduardo.

— Temos 30 jogadores e o campeonato é muito difícil. Todos têm que estar preparados para jogar. Trabalhamos muito em função de um modelo, que é o estímulo para os jogadores se empenharem sempre. Não existe isso de titulares e reservas aqui — garantiu o auxiliar técnico.

A vitória deixou o Tigre na 16ª posição, com 20 pontos, assim como o CRB, mas o time catarinense leva a vantagem pelo saldo de gols. O Criciúma entra em campo pela última rodada do turno no próximo sábado (4), às 21h, contra o Sampaio Correa. O jogo será fora de casa, no Castelão, em São Luís (MA). O adversário maranhense está no Z-4. 

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Criciúma

 Veja também
 
 Comente essa história