Dia para o Criciúma diminuir o prejuízo antes do fim do turno Arte DC/Arte DC

Foto: Arte DC / Arte DC

O Criciúma bem que queria ter chegado à 16ª rodada com metas mais audaciosas, mas se prepara para encarar o Londrina em casa pensando apenas em não se desgrudar do "G-16". Sem chances de deixar a zona de rebaixamento, o Tigre precisa vencer para não se afundar ainda mais. O jogo desta sexta-feira será às 19h15min, no Estádio Heriberto Hülse.

Para o duelo, o técnico Mazola Júnior voltará ao 4-4-2 habitual. As principais novidades são a possibilidade de o volante Eduardo ser improvisado na lateral direita, o retorno de Jean Mangabeira como primeiro volante e o ataque formado por João Paulo e Kalil. O lateral Sueliton está lesionado. Zé Carlos e Lucas Coelho ainda se recuperam de uma cirurgia e Vitor Feijão cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O último desfalque surgiu ontem: recém-contratado, o atacante Joanderson contraiu caxumba e está fora.

– Em casa, vamos ter que fazer um sacrifício na meia-cancha, tirar o Eduardo dali e colocá-lo na lateral. O Jean entra no lugar do Liel por causa da velocidade que o Londrina tem naquela faixa do campo. Com isso, poderemos liberar mais os dois laterais – planeja o técnico.

Ele admitiu que a escalação de Kalil no ataque é por “ser a única opção”, mas valorizou o empenho do jogador formado no clube. Segundo Mazola, o atacante faz por merecer a oportunidade que recebe agora.

A pior campanha desde a queda

As dúvidas fazem parte do dia a dia do Criciúma em 2018. Mazola precisa improvisar jogadores, reforços chegam sem saber quando poderão estrear e a permanência do time na segunda divisão é incerta. A única certeza é que este primeiro turno será o pior desde que o Tigre foi rebaixado da Série A.

Mesmo que vença os quatro jogos que restam, o máximo que conseguirá será chegar aos 25 pontos, abaixo dos 26 do ano passado, a pior marca até agora. Para o técnico, o importante é deixar o Z-4 o quanto antes para diminuir a pressão sobre o elenco.

– Tudo o que eu tenho eu estou dando pelo Criciúma neste momento. Tudo, tudo, tudo – garantiu Mazola.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA
Luiz; Eduardo, Nino, Fábio Ferreira e Marlon; Jean Mangabeira, Marlon Freitas, Luiz Fernando e Elvis; João Paulo e Kalil. Técnico: Mazola Júnior.

LONDRINA
Vagner; Lucas Ramon, Dirceu, Luizão e Fernando Júnior; João Paulo, Jardel (Germano) e Dudu; Paulinho Moccelin, Thiago Ribeiro e Felipe Marques. Técnico: Sérgio Soares.

ARBITRAGEM: Leandro Bizzio Marinho, auxiliado por Daniel Luis Marques e Herman Brumel Vani (trio de SP).
DATA E HORÁRIO: sexta-feira, às 19h15min.
LOCAL: Heriberto Hülse, em Criciúma.

Leia mais notícias sobre o Criciúma no DC

 Veja também
 
 Comente essa história