Torcedores à distância, meninos ingleses aproveitam férias no Brasil para conhecer estádio do Criciúma Renan Medeiros/Especial

Garotos visitaram o estádio e estarão na arquibancada nessa terça-feira, no jogo contra o Coritiba

Foto: Renan Medeiros / Especial

Na escola onde estudam Thomas e Edward Vanhegan, na Inglaterra, nenhum dos colegas sabe o que significam os cachecóis nas cores amarelo, preto e branco que os irmãos, de 13 e 10 anos, costumam usar nos dias mais frios de Londres.

Mas se alguém quiser saber eles explicam: é o Criciúma, time de futebol brasileiro, da cidade natal da namorada do pai deles, Andreia Marques. Agora longe da escola por causa das férias, os garotos aproveitaram a viagem de quatro dias ao Brasil para conhecer o estádio Heriberto Hülse e o centro de treinamento do Tigre.

— Na verdade, eu sei um pouco, mas não assisto muito os jogos. Meu time preferido é o Chelsea — admitiu Thomas. A ligação com o Tigre é estimulada por Rafael Marques, de 26 anos, filho da madrasta, que também vive na Inglaterra e é fanático pelo time carvoeiro.

Acompanhados também do pai, os meninos assistiram o treino do Tigre nesta segunda-feira. Eles chegaram a fazer fotos com os jogadores e a comissão técnica no gramado, antes do treinamento.

— O Rafa vai ficar louco quando souber disso — previu Andreia.

Os garotos conhecem apenas algumas palavras em português ("Oi, tudo bem? Eu sou Edward e gosto de batata frita"), mas na breve visita ao estádio já houve tentativas de entoar alguns cantos da torcida. Ainda há tempo para aprender. Eles estarão na arquibancada para assistir ao duelo dessa terça-feira, diante do Coritiba, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Criciúma

 Veja também
 
 Comente essa história