Sueliton vê o Criciúma com possibilidades de crescer na reta final Guilherme Hahn/Especial

Sueliton revelou que Mazola cobra dos laterais principalmente a marcação na defesa, antes de pensar em atacar

Foto: Guilherme Hahn / Especial

Conseguir três vitórias consecutivas na Série B e abrir seis pontos à frente da zona de rebaixamento garantiu a calmaria e um ambiente ainda mais descontraído no estádio Heriberto Hülse. Em paz com a torcida, o Criciúma já começou a preparação para um desafio no outro lado do país, diante do Paysandu, em Belém (PA). Embora reconheça a dificuldade do próximo adversário e da competição, o lateral-direito Sueliton acredita que o Tigre é capaz de manter o bom momento e até evoluir.

—  O time vem em evolução e existe uma margem de crescimento. A gente ainda pode crescer mais, especialmente na fase final, o que é muito importante — aponta o lateral.

O segredo para o bom momento atual, na avaliação de Sueliton, foi não desanimar nos momentos em que o rebaixamento parecia certo.

— É a constância, ter o mesmo objetivo desde o inicio. Mesmo quando as cosias não acontecem positivamente, a gente continua trabalhando, como foi tocado sempre pelo professor Mazola e sua comissão. A gente vê que as coisas poderiam ter sido melhores no início, mas, como o passado não volta, temos que dar seguimento no que vínhamos fazendo, com pés no chão, sabendo que os jogos que restam são finais — detalhou o jogador.

Para o próximo duelo, o técnico Mazola Júnior já tem dificuldades. O lateral-esquerdo Marlon e o meia Elvis estão suspensos. Zé Carlos será julgado nessa quarta-feira pelo Pleno  do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por causa da expulsão no jogo contra o Atlético Goianiense e pode pegar mais jogos de punição. E ainda há a lesão de Eduardo e a dúvida quanto a Ronaldo, que treinou separado nesta terça-feira, com o preparador físico Ramon Fabris.

Por outro lado, está de volta o volante Jean Mangabeira, que cumpriu suspensão contra o Avaí.

Na outra lateral, Sueliton terá a companhia de Iago, que fará a estreia pelo Tigre, por causa da ausência de Marlon. Embora o técnico Mazola ainda não tenha feito nenhum trabalho com a equipe que vai encarar o Papão, Sueliton já sabe de cor e salteado qual será a orientação para os dois laterais.

— A parte tática do Mazola sempre vai priorizar a parte defensiva. Time que não toma gol é time que não perde. Ele prioriza muito isso nos treinamentos. Por isso você não vê o Sueliton e o Marlon toda vida no ataque, como era em 2012 e 2013, até porque a gente respeita as linhas. Hoje a gente tem essa obediência tática mais aguçada. Mas quando passar da segunda linha, é para fazer bem e dar oportunidades para os nossos atacantes poderem reverter em gol — resume o lateral-direito.

O Paysandu é o primeiro time fora da zona de rebaixamento e vem de um empate fora de casa em 1 a 1 contra o Boa Esporte, lanterna da Série B.

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Criciúma

 Veja também
 
 Comente essa história