Belliato valoriza ponto conquistado pelo Criciúma fora de casa Guilherme Hahn/Especial

Foto: Guilherme Hahn / Especial

O goleiro Belliato foi um dos mais exigidos no empate em 0 a 0 entre São Bento e Criciúma na noite desta sexta-feira, em Sorocaba (SP). O atleta foi soberano no jogo aéreo e seguro quando o time da casa esboçou uma pressão no fim da partida, quando tinha um jogador a mais. Após o jogo, o arqueiro valorizou o ponto conquistado fora de casa.

— Nossa equipe acabou sofrendo essa pressão no final devido à expulsão (do meia Elvis, aos 14 do segundo tempo). É complicado jogar com um a menos, faz falta. Mas a gente conseguiu se ajudar ali, todo mundo se abraçou. A gente sabia que teria que correr o dobro com um a menos. A equipe deu conta do recado e, dentro das circunstâncias da partida, esse ponto é muito importante para nós — considerou Belliato, em entrevista ao repórter Márcio Cardoso, da rádio Eldorado.

O goleiro foi um dos cinco jogadores do Criciúma que levou cartão amarelo. O caso dele foi inusitado: aos 29 do segundo tempo, após uma falta marcada a favor do Tigre pelo lado esquerdo, perto da área defensiva, Iago tocou para Belliato, que segurou fora da área. O goleiro entendeu que ele cobraria a falta, mas o árbitro interpretou que Iago já havia cobrado. Falta para o São Bento e cartão amarelo para Belliato. No mesmo lance, Vitor Feijão também foi amarelado por reclamação.

— Na minha opinião, houve um equívoco total do árbitro. Eu pedi a bola, queria bater a falta. Inclusive, a bola que o Iago jogou para eu bater estava fora do local. Se a gente bate em progressão, ele com certeza iria mandar voltar. O Iago jogou a bola para eu bater a falta. O árbitro se equivocou completamente e marcou a falta — argumentou Belliato, depois do jogo.

Mais inusitado que o cartão que ele levou, só o aplicado ao goleiro Henal, reserva do São Bento. O jogador do time paulista reclamou de um lance e levou o amarelo, o terceiro dele na Série B. O detalhe é que todos eles foram tomados do banco de reservas, ou seja, Henal cumprirá suspensão automática pelo terceiro cartão sem ter feito um jogo sequer pela Série B.

 Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do Criciúma 

 Veja também
 
 Comente essa história