Mazola evita falar sobre renovação com o Criciúma: "não é o momento" Guilherme Hahn/Especial

Na avaliação de Mazola, discutir renovação antes de atingir a meta de não cair pode ser "tiro no pé"

Foto: Guilherme Hahn / Especial

Perto de garantir o Criciúma novamente na Série B em 2019 depois de uma reação providencial a partir da metade do primeiro turno, o técnico Mazola Júnior mantém boa relação com a direção, com a imprensa local e com o grupo de atletas e uma eventual renovação de contrato para 2019 tem o aval da torcida carvoeira. Mas nem ele e nem o clube pretendem tocar nesse assunto agora.

Segundo o presidente, Jaime Dal Farra, o início das negociações se dará assim que o Tigre estiver praticamente deixado para trás as chances de rebaixamento. Para o técnico, essa realmente é a atitude correta a se tomar.

— Para o bem do Criciúma, é melhor que esse assunto fique para depois dos 45 pontos, para um momento muito mais propício do que agora.  Entre eu, o Nei (Pandolfo, executivo de futebol do clube) e o presidente não houve conversa sobre isso, sobre jogadores, a minha continuidade. O momento não é para isso, não vamos dar sopa para o azar, não vamos antecipar situações que podem ser prejudiciais ao Criciúma nesse trabalho fantástico que estamos fazendo em prol do clube — despistou Mazola.

O comandante chegou a pedir à imprensa para não tratar desse tema enquanto a missão dele de livrar o Tigre do rebaixamento não estiver cumprida.

— Na minha carreira, de um bom tempo para cá, tenho uma experiência muito grande nessa divisão e, principalmente, nesses momentos extra-campo. A gente segura bem esse tipo de pressão que vem de fora para dentro. Não é o momento de falar nesse assunto, tem muita coisa para acontecer na competição, estamos apenas com 40 pontos, temos os inúmeros problemas que temos para gerir até o fim da competição, e não são poucos. Qualquer coisa que se fale do futuro do Criciúma é muito prematuro e pode ser um tiro no pé nesse trabalho fantástico que estamos realizando aqui no Criciúma — declarou Mazola.

Em 25 jogos, Mazola tem um aproveitamento de 53,3%, com dez vitórias, dez empates e cinco derrotas. Ele está numa sequência invicta de sete jogos e ainda não perdeu no Heriberto Hülse.

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Criciúma

 Veja também
 
 Comente essa história