Criciúma vai propor orçamento 25% maior para 2019, diz superintendente Fernando Ribeiro / www.criciuma.com.br/www.criciuma.com.br

Presidente Jaime Dal Farra (E), Robson Izidro (C) e Nei Pandolfo, que renovou para o ano que vem

Foto: Fernando Ribeiro / www.criciuma.com.br / www.criciuma.com.br

O Criciúma apresenta nesta sexta-feira para o conselho do clube o orçamento para 2019. A proposta traz um incremento de 25% sobre os cerca de R$ 13 milhões investidos este ano, com aporte maior para o futebol profissional, segundo o superintendente Robson Izidro. Com o executivo de futebol Nei Pandolfo já confirmado para 2019, a expectativa é pela renovação com o técnico Mazola Júnior.

Antes de deixar a cidade, Mazola se reuniu com a diretoria do Criciúma na segunda-feira. Ele analisou a proposta do clube e enviou uma contraproposta, que está em discussão. A decisão deve sair até o final dessa semana, espera Izidro, para que o treinador possa iniciar a definição do elenco para 2019.

— Estamos fazendo uma avaliação individual de cada atleta, ao mesmo tempo decidindo os que irão permanecer, mas só vamos ter esses nomes divulgados com o acerto definitivo do próximo técnico. Pretendemos que seja o Mazola, mas só fecharemos o aproveitamento de quem fica quando definir o técnico — comentou.

A projeção é que mais da metade dos atletas que jogaram este ano não sejam aproveitados novamente. Aqueles que têm contrato como o Luiz, Nino, Eduardo, Andrew e Vinícius continuam à disposição. O clube tem uma lista de pelo menos 100 atletas em análise, e o critério para seleção será minucioso.

— Estamos vendo o currículo de cada um para que se erre o mínimo possível. Vamos descartar a contratação de quem esteja há tempos parado ou com pouca atividade, tenha histórico de lesão, tudo está dentro dos números que nós compilamos — ponderou.

Na reunião do conselho deliberativo, o clube também vai analisar as contas do ano e o planejamento do futebol profissional e da base para a próxima temporada.

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do Criciúma   

 Veja também
 
 Comente essa história