Apresentado no Atlético-MG, ex-atacante do Figueirense diz: "Sempre quis jogar aqui" Bruno Cantini/Atlético MG

Foto: Bruno Cantini / Atlético MG

O atacante Clayton foi oficialmente apresentado no Atlético-MG na tarde desta quinta-feira. Com contrato de cinco anos com o Galo, o ex-jogador do Figueirense foi apresentado ao lado do presidente Daniel Nepomuceno. De acordo com o atacante, o dirigente foi decisivo para sua transferência para o clube mineiro.

Outras notícias do Figueirense
Veja a tabela do Campeonato Catarinense 


- Primeiramente meus empresários conversaram com a diretoria do Figueirense, que tinha algumas ofertas. Como o presidente (Daniel Nepomuceno) já tinha entrado em contato desde o ano passado, ele tinha a preferência. Estou muito feliz em chegar ao Galo. Sempre quis jogar aqui e foi minha decisão também.

Destaque do Figueirense no último Campeonato Brasileiro, Clayton também interessava ao Corinthians e Palmeiras. Ao comentar a difícil negociação pelo jogador de 20 anos, Daniel Nepomuceno brincou:

- Se ele (Clayton) fizer a quantidade de gols proporcional à dificuldade da contratação nós estamos feitos. É mais uma para reforçar o nosso elenco - brincou o presidente do Galo./Na Cidade do Galo, Clayton terá uma forte concorrência. Robinho e Luan são os principais concorrentes, além de Thiago Ribeiro. Acostumado a jogar também como centroavante, o jogador falou sobre suas características e se considerou versátil.

- Sou atacante versátil. No Figueira, joguei nas últimas vezes de centroavante. Mas jogo também pelos lados, pelo centro. Me sinto confortável em todos lugares - afirmou Clayton, antes de completar:

- Como estou chegando agora, estou um pouco atrás dos demais. Tenho que aprimorar minha parte física, técnica e depois buscar meu espaço como titular.

Clayton deixa o Figueirense e acerta com o Atlético-MG

Antes de Clayton, o coordenador técnico do Atlético-MG Carlinhos Neves comentou as condições físicas do atacante. De acordo com o funcionário do clube, o jovem atleta está um pouco atrás dos demais jogadores.

- O Clayton tem condições de jogo, porém, vai fazer atividades paralelas por ter tido uma paralisação de uma semana - declarou Carlinhos Neves.

 Veja também
 
 Comente essa história