Cabo dá o tom do Figueira para jogo em Recife: "Pautados para a reação" Luiz Henrique / Figueirense FC/Figueirense FC

Equipe alvinegra enfrenta o Santa Cruz na Arena Pernambuco

Foto: Luiz Henrique / Figueirense FC / Figueirense FC

Figueirense sofre sem vitória a sete rodadas. Porém, a sequência ruim na Série B do Campeonato Brasileiro tem data para acabar, de acordo com o técnico Marcelo Cabo. Em entrevista coletiva em Recife, o treinador demonstrou que a equipe está ciente da necessidade de vencer o confronto das 16h30min deste sábado, diante do Santa Cruz, na Arena Pernambuco.

— Estamos pautados para a reação. Vamos buscar a reação, respeitando o adversário, na casa deles. Temos de ser inteligentes, fazer jogo equilibrado e quebrar o ímpeto deles, acabar com a pressão inicial, equilibrar o jogo e impor nossa forma de atuar — destacou o treinador do Alvinegro.

A equipe realizou trabalho apronto na tarde desta sexta, na estrutura cedida pelo Sport, na capital pernambucana. Marcelo Cabo definiu a escalação do Furacão com: Thiago Rodrigues; Dudu, Marquinhos, Bruno Alves e Guilherme Lazzaroni; Zé Antônio, Dudu Vieira e Marco Antônio; Jorge Henrique. Robinho e Henan. Jorge Henrique vai atuar pelos lados de campo, e Marco Antônio é o atleta mais responsável pela armação das jogadas.

- O Marco não vai jogar de costas para o gol. Vamos criar uma proposta no 4-1-4-1 e ele joga na linha de quatro. O Zé Antônio entre as duas linhas. Vamos fortalecer a proteção da defesa. Não podemos jogar tão expostos quanto no último jogo. Entendo que o Jorge Henrique é um cara que tem entrega grande, está bem física e tecnicamente. Ele jogou toda a vida ali, acho que vamos ganhar com ele. O futebol, entendo, é preenchimento de espaço: com a bola joga, sem a bola marca. Temos de jogar compactados.

Acesse a tabela da Série B

Leia mais notícias sobre o Figueirense


 Veja também
 
 Comente essa história