Figueirense empata com Vila Nova e segue ameaçado na Série B CARLOS COSTA/Estadão Conteúdo

Artilheiro do Figueirense, Henan passou em branco no jogo desta terça no Serra Dourada

Foto: CARLOS COSTA / Estadão Conteúdo

O Figueirense manteve a agonia do torcedor com a proximidade da zona de rebaixamento. Nesta terça-feira, o time ficou no empate com o Vila Nova por 1 a 1, no Estádio Serra Dourada. O ponto conquistado fora de casa deixou o Alvinegro com 44 pontos, e adiou para o próximo confronto a vitória que vai assegurar a permanência na Série B

Na sexta, às 21h30min, o time catarinense encara o Juventude, no Alfredo Jaconi. Depois, o Figueira encerra a participação no Campeonato Brasileiro contra o Paysandu, dia 25, no Orlando Scarpelli.

Em alta velocidade e com um chute preciso. Foi assim que o Figueira abriu o placar no Serra Dourada, logo no início da partida. O Vila Nova trocava passes, tentava abrir espaços na defesa alvinegra, quando Dudu recuperou a bola e lançou Dudu Vieira. O meia avançou e deixou para Luidy, que invadiu a área e bateu forte, sem chances para o goleiro Luis Carlos.

Era o sonho do torcedor se tornando realidade, com o Figueirense na frente e jogando sem dar chances ao adversário. O Vila tinha a posse de bola, continuava a trocar passes, mas não criava chances para marcar. As tentativas dos donos da casa esbarravam na defesa do Alvinegro. Até quando o lateral João Lucas desviou a bola para trás, o goleiro Saulo saiu e ficou com ela diante de dois adversários. 

Faltava ao Figueira acertar um novo contra-ataque. E ao não ampliar a vantagem, deixou que o Vila crescesse na partida e chegasse ao empate quase no fim do primeiro tempo. Em cobrança de falta de Alan Mineiro, Wesley Matos subiu mais alto e desviou para Claudinei marcar, de cabeça, o gol de igualdade.  

O segundo tempo começou igual ao primeiro, com o Figueirense controlando o jogo e o Vila tentando fazer algo mais diante de sua torcida. Luidy teve a oportunidade de marcar o segundo, após passe de Henan. 

Por duas vezes, Saulo saiu mal do gol. Na primeira, sofreu falta do adversário. Na segunda, ele não achou a bola e, na dividida com Alípio, quase o Vila chegou ao gol da virada. Os donos da casa ainda colocaram uma bola na rede. Ruan pegou o rebote fora de área e mandou para o gol, mas bola desviou em Alemão, que estava impedido.

O Figueirense perdeu chances de gol e adiou para o próximo confronto a conquista dos pontos que vão assegurar a permanência na Segunda Divisão. 

Ficha técnica

Vila Nova: Luis Carlos; Anderson Luis, Alemão, Wesley Matos e Gastón; Claudinei, PH (Marcelinho), Maguinho (Alípio) e Alan Mineiro; Ruan e Lourency (Jenison). Técnico: Hemerson Maria.
Figueirense: Saulo; Dudu (Ferrugem), Naylhor, Trevisan e João Lucas; Zé Antônio, Dudu Vieira, João Paulo (Lazaroni) e Jorge Henrique; Luidy (Joãozinho) e Henan. Técnico: Milton Cruz.
Gols: Luidy (F, aos 4min/1ºt), Claudinei (V, aos 44min/1ºt)
Cartões amarelos: Dudu (F), Jenison (V)
Arbitragem:
Leonardo Garcia Cavaleiro, auxiliado por Michael Correia e Dibert Pedrosa Moises (trio do RJ)
Local: Serra Dourada, em Goiânia (GO) 

Leia outras notícias do Figueirense
Acesse a tabela da
Série B do Campeonato Brasileiro

 Veja também
 
 Comente essa história