Aos 34 anos e agora ex-Figueirense, Marco Antônio encerra a carreira Vinícius Nunes/FFC

Foto: Vinícius Nunes / FFC

Jogador do Figueirense nas últimas duas temporadas, Marco Antônio anunciou nesta terça-feira o término da carreira no futebol. Aos 34 anos, ele utilizou suas redes sociais para informar a aposentadoria. O agora ex-atleta também defendeu o Figueira em 2014, com passagem marcante.

O texto em que anuncia a aposentadoria é longo e repleto de agradecimentos aos familiares e também aos companheiros dos 13 clubes que defendeu. Entre eles está o Criciúma, time em que teve passagem em 2007. Pelo Figueirense teve atuações marcantes em 2014, ao longo de 33 partidas daquela temporada. Por isso, retornou ao Figueirense no ano passado, mas atuou menos. Foram 23 partidas desde então, mais uma pelo time de aspirantes.

O jogador sofreu com lesões nos últimos. A mais complicada delas apareceu no começo deste ano. Uma hérnia de disco prejudicou boa parte da pré-temporada e comprometeu o primeiro semestre. Confira a seguir o comunicado de Marco Antonio sobre a aposentadoria dos gramados.

Anúncio de aposentadoria de Marco Antônio

Um sonho de criança realizado! Foram 24 anos dedicados a essa realização, dedicados ao futebol. Só eu, Deus e minha família sabem o que passei pra me tornar um atleta de alto nível, pra alcançar exatamente esse sonho de criança, quando eu disse à minha mãe que só seria feliz jogando futebol. Hoje, aos 34 anos, esse ciclo da minha vida se encerra, estou me aposentando do futebol profissional. Com a certeza de que fiz tudo que estava ao meu alcance pra ser um atleta íntegro, honesto, leal e dedicado! Vim, vi e venci! Mas tudo na vida tem um fim e eu sinto no coração que o meu chegou! É momento de devolver todo o apoio, carinho e suporte que os meus familiares e amigos me deram durante todo esse tempo, preciso me dedicar a minha esposa e filhas, aos meus pais, às minhas irmãs e sobrinhos, preciso me dedicar como ser humano, como filho, marido e pai! Palavras são poucas pra expressar toda a minha gratidão às pessoas que me ajudaram durante esses anos todos pra que eu pudesse realizar esse sonho! A todos os meus companheiros desses 13 clubes que tive a oportunidade e o prazer de representar por um período, fica a minha gratidão, companheirismo e amizade. Mais do que vitórias em campo, fica o respeito fora dele, onde a vida realmente faz sentido! Aos meus pais, irmãs, cunhado e sobrinhos, uma vida é pouco pra retribuir tudo o que fizeram por mim! À minha esposa, obrigado por embarcar nesse sonho, no meio do caminho, escuro e sem saber pra onde iria, mas guiado pelo amor e vontade de construirmos juntos. Chegou a hora de desfrutarmos da vida perto dos nossos! Às minhas filhas, devo a obrigação da presença no crescimento de vocês! To aqui! Ao futebol, obrigado por ter me levado a mais linda conquista dessa vida, a realização de um sonho. Tive a oportunidade de jogar com grandes homens, com grandes ídolos, com pessoas que sempre admirei pela televisão e pude compartilhar momentos inesquecíveis! Com esse texto me despeço do futebol com o coração em paz, com a certeza da decisão tomada e com a esperança de um futuro feliz, afinal estamos nessa vida pra quê? Fica aqui o meu muito obrigado.

Veja mais notícias do Figueirense
Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018

 Veja também
 
 Comente essa história