Vernalha deixa a presidência do Figueirense, e Honigman assume o clube Luiz Henrique/Figueirense FC

Foto: Luiz Henrique / Figueirense FC

Claudio Vernalha não é mais presidente do Figueirense. Em reunião na noite de quarta-feira, ele foi convencido por conselheiros e dirigentes com influência nos bastidores a deixar o comando. Agora, ele se torna presidente do Conselho de Administração. Diretor comercial e de marketing do Alvinegro, Cláudio Honigman vai presidir o clube até 2021. Então gerente de marketing, Fernando Kleimmann assume a vice-presidência com a nova configuração da diretoria.

A informação foi dada pelo colunista Rodrigo Faraco e confirmada pela assessoria de imprensa do Furacão em seguida.

No Figueirense desde agosto de 2017, Vernalha tinha como meta principal reerguer o clube com aporte financeiro através de investidores, entre eles Honigman e por meio da holding Elephant, quem detém 95% das ações do Furacão. Com o contrato em vigência por 20 anos, o Alvinegro vai em busca de se organizar. O passo inicial após a mudança na presidência ser confirmada é o saneamento das dívidas com jogadores e funcionários.

Neste ano, uma reportagem da Folha de S. Paulo citou a atuação de Claudio Honigman no Figueirense, ligado a ações suspeitas de lavagem de dinheiro com o ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, e que recebeu recursos da empresa do doleiro Alberto Youssef. Em 2015, Honigman esteve foragido. Atualmente mora em Nova York. Funcionários do Figueira ouvidos pela Folha relataram que era constante a presença de Honigman no clube, inclusive dando ordens. Vernalha, no entanto, tratou esse assunto como "falácia do Bourgeois", em referência ao ex-CEO do Alvinegro, Alex Bourgeois.

– Gostaria muito que Honigman fosse investidor. É um cara muito bem sucedido e muito respeitado no mercado financeiro – disse à época.

Na íntegra a nota oficial do clube

O Figueirense promoveu hoje (13) a implantação do seu Conselho de Administração, composto, majoritariamente, por membros da Associação. A ação faz parte da implantação da nova etapa do planejamento estratégico definido em 2017, quando foi estabelecida a parceria.

Claudio Honigman assume o comando do clube ao ser empossado no lugar de Claudio Vernalha, que assumirá a presidência do Conselho de Administração do Figueirense empresa.

Gestão

Honigman estruturará uma administração renovada, eficiente e profissional para consolidar o Furacão, maior clube de Santa Catarina, na elite do futebol brasileiro até o seu centenário, que ocorrerá em 2021. 

Veja mais notícias do Figueirense 

 Veja também
 
 Comente essa história