Técnico Zé Teodoro quer o JEC forte na Copa do Brasil de 2019 Maykon Lammerhirt/Agência RBS

No ano passado, JEC terminou a Copa do Brasil na quarta fase, diante do Sport

Foto: Maykon Lammerhirt / Agência RBS

O técnico Zé Teodoro se apresentou ao JEC nesta segunda-feira e falou em entrevista coletiva sobre as primeira ações que terá com o clube neste início de pré-temporada. Numa das respostas, afirmou que o Tricolor deve estar bem preparado no primeiro turno do Campeonato Catarinense porque enfrentará os quatro grandes em casa e porque precisa ter um bom desempenho na Copa do Brasil

Segundo o comandante, é o torneio nacional que dará condições financeira ao Joinville ao longo desta temporada. 

- Precisamos fazer um grande primeiro turno para começar muito bem a Copa do Brasil. É ela que dará sustentação ao clube durante a temporada. Se montarmos um time forte já no primeiro turno, sem dúvida vamos surpreender na Copa do Brasil - afirmou. 

Em 2018, a competição nacional se consolidou como o torneio que mais oferece prêmios no País e na América do Sul. São mais de R$ 278 milhões que foram distribuídos entre os 91 participantes. 

Para o JEC, só por ser um participante, já houve um ganho de R$ 500 mil. Se chegar à quarta fase, como fez em 2017, o Tricolor garantirá R$ 4,3 milhões em premiações. 

Na próxima semana, chegará ao fim o Campeonato Brasileiro da Série A e, nos dias seguintes, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) poderá confirmar o seu ranking, com a definição das equipes que participarão da Copa do Brasil a partir deste critério. 

Com as classificações de São Paulo e Internacional para a Libertadores, o JEC conseguiu estar no grupo que será beneficiado com uma vaga via ranking - assim como aconteceu no ano passado. 

No entanto, em razão da série de rebaixamentos, é muito provável que em 2020 o Joinville não consiga entrar na Copa do Brasil via ranking, ou seja, terá de buscar a vaga no Estadual ou na Copa Santa Catarina. 

Premiação - Copa do Brasil
Participação – R$ 500 mil
Classificação à segunda fase – R$ 600 mil
Classificação à terceira fase – R$ 1,4 milhão
Classificação à quarta fase – R$ 1,8 milhão
Classificação à quinta fase – R$ 2,4 milhões
Classificação à sexta fase – R$ 3 milhões
Classificação à sétima fase – R$ 6,5 milhões
Vice-campeonato – R$ 20 milhões
Título – R$ 50 milhões

 Veja também
 
 Comente essa história