Campeões, finalistas e estreantes: os técnicos dos 10 times que irão disputar o Catarinense CA Tubarão/Divulgação

Foto: CA Tubarão / Divulgação

O Campeonato Catarinense 2019 começa em 16 de janeiro, mas os 10 times têm os treinadores definidos para a competição. Silas, do Tubarão, e Hemerson Maria, do Figueirense, já sentiram o sabor do título quando comandaram o Avaí em 2009 e 2012, respectivamente. Além deles, outro que esteve em uma final do Estadual foi Claudinei Oliveira, em 2017. A disputa do próximo ano ainda terá quatro técnicos estreantes na elite do futebol de Santa Catarina: China Balbino (Hercílio Luz), Doriva (Criciúma), Paulo Baier (Brusque) e Zé Teodoro (Joinville). Saiba um pouco de cada estilo abaixo.

China Balbino (Hercílio Luz)

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 21-04-2016: O técnico do São José, China Balbino, no estádio do clube, no Passo dAreia, na zona norte. (Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS)
Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Vai apenas para o seu segundo trabalho em Santa Catarina. Em 2018, esteve à frente do Tubarão na Copa SC. Foi anunciado na semana passada como técnico do Hercílio Luz para o Estadual. É um dos estreantes. Aos 39 anos, só havia treinado times do Rio Grande do Sul, passando pelo Glória e São José-RS.

Claudinei Oliveira (Chapecoense)

Claudinei Oliveira, Chapecoense
Foto: Sirli Freitas / Chapecoense

Tem um amplo currículo, mas no Catarinense o melhor que conseguiu foi uma final pelo Avaí. Em 2017, o Leão perdeu o título justamente para a Chape, time que Claudinei Oliveira irá treinar na próxima temporada. Aos 49 anos, ele está com moral após garantir a permanência do Verdão na elite nacional. 

Doriva (Criciúma)

Apresentação do novo técnico Doriva no Criciúma Esporte Clube.
Foto: Lariane Cagnini / Diário Catarinense

Campeão paulista pelo Ituano, em 2014, o treinador estreia no Catarinense. Aos 46 anos, Doriva tem a carreira à beira do campo construída em times do futebol de São Paulo, mas trabalhou em equipes como Vasco, Atlético-PR e Bahia. Deixar uma primeira boa impressão é o que deseja o técnico do Tigre.

Geninho (Avaí)

 FLORIANÓPOLIS, SC, BRASIL, 03/11/2018: Avaí enfreta o Londrina no Estádio da Ressacada, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Na foto: Geninho   (FOTO: CRISTIANO ESTRELA / DIÁRIO CATARINENSE)
Foto: Cristiano Estrela / Diário Catarinense

Aos 70 anos, ele é o mais experiente entre os 10 treinadores da elite de Santa Catarina. Geninho segue no comando do Avaí após o acesso à Série A do Brasileiro. Trabalhou só uma vez no Catarinense e foi demitido, em 2015. É hora de mostrar que o Leão pode urrar alto em 2019, a começar no Estadual.  

Hemerson Maria (Figueirense)

 FLORIANOPOLIS, SC, BRASIL, 05.12.2018: Hemerson Maria apresentado como o novo técnico do Figueirense. (Foto: Diorgenes Pandini/Diário Catarinense)Indexador: Diorgenes Pandini
Foto: Diorgenes Pandini / Diario Catarinense

Pode ser chamado de "senhor estadual". Aos 46 anos, vai para o seu sexto Catarinense e o saldo até então é positivo. Foi campeão com o Avaí, em 2012, e ainda três vezes vice-campeão com o Joinville (2014, 2015 e 2016). Pelo Figueirense, tem a missão de defender o título alcançado neste ano. 

Mabília (Metropolitano)

 Tubarão, SC, BRASIL 08/01/2017, Esporte.Técnico do Atlético Tubarão. Mabília FOTO: CAIO MARCELO/ESPECIAL/DIÁRIO CATARINENSE Indexador: Picasa
Foto: CAIO MARCELO / Especial

É outro treinador na mesma faixa de idade: 46 anos. O Metrô volta à elite após o título da Série B no ano passado, e Mabília foi mantido no comando do time do Vale do Itajaí. Será a terceira vez que o técnico vai trabalhar em uma equipe do Catarinense. Evitar o rebaixamento é a meta necessária. 

Paulo Baier (Brusque)

Catarinense C 2018, Treino PrósperaSC - Criciúma - 08/08/2018 - Catarinense C 2018, Treino Próspera - Paulo Baier comando treino tático do Esporte Clube Próspera. Foto: Guilherme HahnIndexador: Guilherme Hahn
Foto: Guilherme Hahn / Especial

Após o título da Série C do Estadual, o técnico foi contratado pelo campeão da Copa SC. Será a estreia de Paulo Baier como treinador na elite. Além do Próspera, ele ainda trabalhou no Toledo-PR no início deste ano. Aos 44 anos, a busca é para deixar o time de novo entre os grandes da competição.

Silas (Tubarão)

Silas - Tubarão
Foto: Tubarão / Divulgação

Trabalhou três vezes no Avaí, onde foi campeão estadual em 2009. Silas, aos 60 anos, assumiu o compromisso com o Tubarão. Conhece os atalhos da disputa e aposta muito no Peixe. A experiência de já ter treinado Grêmio e Flamengo pode fazer a diferença e encaminhar a equipe na briga por uma boa posição.

Waguinho Dias (Marcílio Dias)

Waguinho Dias , técnico , Marcílio Dias , Série B , Campeonato Catarinense
Foto: CN Marcílio Dias / Divulgação

O treinador vai para a quarta temporada consecutiva no futebol catarinense. Aos 55 anos, Waguinho Dias foi um dos responsáveis pela terceiro colocação do Tubarão no Estadual do ano passado. Subiu o Marinheiro e, agora, tenta garantir a presença do time na elite de Santa Catarina por mais um ano.

Zé Teodoro (Joinville)

 JOINVILLE,SC,BRASIL,08-11-2018.Zé Teodoro,novo técnico do Jec.(Foto:Salmo Duarte/A Notícia)
Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Estreante no Catarinense, o treinador de 55 anos tem experiência de sobra para a missão que deseja o JEC. O time do norte de SC caiu para a Série D do futebol brasileiro e precisa iniciar a recuperação a partir do Estadual. Vai para o primeiro trabalho ciente de que a busca requer muita paciência.


 Veja também
 
 Comente essa história