Avaí terá a torcida de Toninho Quintino para encarar o Palmeiras Hermínio Nunes/BD 29/04/2010 /

Quintino estará na torcida pelo Leão

Foto: Hermínio Nunes/BD 29/04/2010

A história de Toninho Quintino se confunde com a dos clubes que estarão em campo neste domingo, dia 18, na Ressacada. O Avaí serviu de berço para o ex-jogador, enquanto o Palmeiras lhe deu projeção nacional.

Até hoje, o ex-centroavante é lembrado com saudade pelos torcedores mais antigos. Na equipe catarinense, ele se profissionalizou e conquistou dois títulos importantes, os estaduais de 1973 e 1975.

Toninho jogava ao lado de feras como Balduíno e Zenon, que têm os pés imortalizados na Calçada da Fama do Avaí. Curiosamente, foi o rival Figueirense quem catapultou a carreira de Toninho.

No Campeonato Brasileiro de 1975, em um jogo contra o Palmeiras, o atacante marcou dois gols e acabou sendo contratado, no ano seguinte, pelo time paulista. Toninho logo se destacou no Verdão e marcou quase 90 gols em três anos de clube.

— O Palmeiras marcou a minha carreira. Vivi grandes momentos lá, mas hoje sou Avaí e vou torcer muito por uma vitória catarinense — afirma o ex-jogador.

Aos 59 anos, Toninho tenta curtir um pouco da vida em Florianópolis. Apesar de ser quase vizinho da Ressacada e ter carteira de sócio do Leão, evita ir ao estádio. Assiste aos jogos pela televisão e, neste domingo, não será diferente.

Ele estará na Praia da Armação da Piedade, em Governador Celso Ramos, e assistirá ao duelo à distância. Inquieto e falante, Toninho fica triste pela situação do Avaí. Segundo ele, os erros de planejamento no início da temporada estão aparecendo agora. Toninho só espera que ainda dê tempo para a recuperação.

— Tirando o William, o Lincoln e o Pedro Ken, todos os outros jogadores são de nível parecido. A culpa não é deles, mas de quem os contratou. O time está sem confiança, sem personalidade e, para recuperar, todos vão ter de "morder" até o final — diz.

E o ex-jogador do Leão tem a receita para triunfar sobre o Palmeiras:

— O ponto forte do Palmeiras é a bola parada. Se o Avaí controlar bem isso e jogar de forma organizada tem condições de vencer — acredita.

Comentário de quem conhece e de quem torce pela recuperação azurra.Que as palavras de Toninho Quintino sirvam de inspiração.

PERFIL
Nome:
Antônio Fernandes Quintino
Apelido: Toninho Quintino
Idade: 59 anos
Local de nascimento: Florianópolis
Mora em: Florianópolis
Posição que jogou: atacante
Clubes que passou: Avaí, Figueirense, Palmeiras, Cruzeiro, Corinthians, Universidad Católica (Chile), Ponte Preta, Ferroviária-SP, Aymoré-RS
Títulos: campeão catarinense (1973-1975) e paulista (1976)


Simulador de classificação
Faça suas previsões rodada a rodada e confira como seu time fica na tabela de classificação do Brasileirão 2011







Histórico de desempenho
Confira como foi o seu time nas últimas edições do Brasileirão e compare o desempenho com o de outras equipes em gráficos







Seleção clicEsportes
Escolha os craques, o melhor esquema e o principal técnico do Campeonato Brasileiro



CLICESPORTES
 Veja também
 
 Comente essa história