Figueirense negocia com o Joinville por atacante Lima Cleber Gomes/Agencia RBS

Atacante do JEC tem 12 gols no Estadual e afirmou desejo de atuar na Série A

Foto: Cleber Gomes / Agencia RBS

Na semana decisiva para a definição dos finalistas do Estadual, Figueirense e Joinville negociam um possível troca-troca entre o atacante Lima e o meia Luiz Fernando para a disputa do Campeonato Brasileiro. O Figueira não confirma qualquer tratativa, mas, em entrevista ao repórter Rômulo Balbinotti, da CBN/Diário, no último domingo, Lima revelou ter recebido proposta para se transferir para o Alvinegro.

Para compensar a iminente saída do seu principal atacante, o Joinville teria sugerido a inclusão do meia Luiz Fernando no negócio, algo descartado, nesta segunda-feira, dia 23, pelo gerente de Futebol do clube, Léo Franco. Segundo ele, até agora, o JEC não recebeu nenhuma proposta pelo atacante Lima. Entretanto, Franco admite que o jogador pode ter sido procurado pelos dirigentes do Figueirense e que, se quiser sair, terá de ressarcir o Tricolor.

— Tem uma multa rescisória. Não sei exatamente o valor, mas deve ser alto porque se trata de um atleta importante — observou o dirigente.

Franco também negou que exista uma negociação em andamento para um troca-troca entre Lima e o meia Luiz Fernando, do Figueirense.

— O que aconteceu foi que perguntaram para o Márcio (Vogelsanger, presidente do Joinville) se algum jogador do Figueirense lhe chamava a atenção. Ele respondeu que gostava do Luiz Fernando. Mas entre essa resposta e uma troca entre os dois existe uma distância muito grande — explicou o dirigente.

Coincidência ou não, foi diante do JEC, na primeira partida da semifinal, que Luiz Fernando ficou fora de um jogo pela primeira vez na temporada. Mesmo à disposição do técnico Branco, o jogador permaneceu o tempo todo no banco de reservas. Segundo o diretor de futebol do Figueirense, Marcos Moura Teixeira, o clube não vai se pronunciar sobre o assunto antes do final do campeonato. A única certeza é a de que haverá mudanças no retrato da equipe.

— Não vamos falar sobre qualquer negociação, não é o momento para fazer isso. Mas é certo de que haverá mudanças, isso é normal — ressaltou.

Na entrevista à CBN, Lima confirmou ter ocorrido o contato com um dirigente do Figueirense.

— Chegou (uma proposta), o pessoal (do Figueirense) me ligou, comuniquei a diretoria (do Joinville) e eles falaram que é melhor passar esses dois jogos para depois resolver a situação — declarou.

O que parece claro é o interesse do atacante em defender o time na Capital no Brasileiro.

— Estou tranquilo, sou profissional e não é a primeira vez que isso acontece. Espero que, desta vez, termine tudo bem e eu possa disputar, quem sabe, a Série A pelo Figueirense — afirmou.

DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história