Zunino, presidente do Avaí, fará cirurgia para retirar câncer do pulmão  Charles Guerra/Agencia RBS

João Nilson Zunino é presidente do Avaí desde 2001

Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

O presidente do Avaí, João Nilson Zunino, fará, nos próximos dias, uma cirurgia para a retirada de um tumor no lobo inferior do pulmão direito. O problema foi diagnosticado recentemente durante exames de rotina. Apesar de a doença ser grave e causar pavor em muitas pessoas, Zunino tem boas perspectivas de cura.

Médico patologista e dono do Laboratório de Exames Clínicos Santa Luzia, na Capital, Zunino consultou os melhores especialistas da área e ouviu de todos prognósticos favoráveis.

— Graças a Deus, sou uma pessoa que me cuido bastante e faço exames de rotina todos os anos. Descobri este câncer há pouco tempo. Ele está bem no início, tanto que não sinto nada, e vou retirá-lo. Estou muito confiante. Vai dar certo — afirmou o dirigente.

Aos 66 anos de idade, Zunino disse que o procedimento cirúrgico não vai tirá-lo do trabalho nem afastá-lo da presidência do clube. Apenas terá de passar por um tratamento específico após a cirurgia para eliminar definitivamente o câncer.

Presidente do Avaí desde 2001, Zunino conseguiu feitos importantes no comando do Leão. Em 2008, levou o clube de volta à Série A do Brasileiro após 30 anos de afastamento. No ano seguinte, viu o time comandado pelo técnico Silas fazer a melhor campanha de uma equipe catarinense no Brasileiro — terminou em sexto lugar.

Em 2010, conquistou o bicampeonato estadual e colocou o Avaí nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Após um 2011 de fracassos e queda para a Série B, o dirigente montou o time que recuperou a hegemonia no futebol catarinense. Agora, a meta de Zunino é recolocar o Leão na divisão de elite. Ele sabe que não será fácil e que terá de ter muita saúde para atingir o propósito, mas nada capaz de desanimá-lo.

— A torcida pode acreditar. Estamos trabalhando forte e buscando jogadores de qualidade para compor o grupo. Tenho certeza de que vamos dar a volta por cima e comemorar no final da temporada — acrescentou.

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história