Medina visita escolinha onde foi revelado e dá palestra a jovens de Guaramirim AV Assessoria/Divulgação

Medina, ex-Avaí, reviu treinadores de sua antiga escolinha de futebol

Foto: AV Assessoria / Divulgação

Atendendo um pedido do seu primeiro treinador, o meia do Guarani, Medina, retornou onde iniciou a carreira e participou da festa de final de ano da Escolinha do professor Gomez, que é um projeto com apoio da prefeitura de Guaramirim. A iniciativa trabalha com jovens da região que tem de 7 a 17 anos e que sonham ser jogadores de futebol.

Medina entrou na escolinha aos sete anos e jogou lá sob o comando do professor Gomez até os 16 anos, quando foi contratado pelo Juventus de Jaraguá do Sul. Com uma experiência de 10 anos jogando na escolinha, Medina deixou suas raízes lá e sempre que pode procurar voltar a suas origens e relembrar o começo da carreira.

Neste ano, além de ir palestrar para os jovens atletas, Medina também participou de um jogo de despedida das atividades de 2012. Após a partida festiva, o meia do Guarani atendeu os fãs distribuindo autógrafos e posando para fotos.

– Foi muito bacana passar um pouco da minha experiência para jovens. Ressaltei para eles que nada vem facilmente. Se consegui tornar-me profissional foi com muito esforço e vontade de vencer. Mas também pedi para eles nunca deixarem de sonhar. Só assim atingirão seus objetivos – ressaltou o atleta que está com 22 anos.

Um dos principais jogadores que saíram de Jaraguá do Sul, Medina fica feliz em ser considerado um ídolo para as revelações da cidade.

– Alguns falaram que eu sirvo de espelho para eles. A responsabilidade aumenta, mas me deixa muito contente com isso. Foi um dia especial, pois recebi muito carinho de todos e vi o sorriso estampado no rosto da molecada. Torço que novos talentos deste projeto do professor Gomez conseguiam sair para o futebol – declarou o meia que aproveita os últimos dias de férias em solo catarinense antes de se reapresentar no começo de 2013 para iniciar a temporada pelo Bugre campineiro.

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história