Seleções da Alemanha e do Japão têm interesse em CT de Florianópolis KAZUHIRO NOGI/AFP

Com um empate em 1 a 1 com a Austrália o Japão garantiu vaga na Copa do Mundo

Foto: KAZUHIRO NOGI / AFP

Santa Catarina deve ter uma grande seleção hospedada durante a Copa do Mundo em um dos cinco campos-base oficiais. E a Alemanha está bem próxima do Costão do Santinho. Mas os germânicos também tratam de forma avançada sobre detalhes de atendimento a imprensa e torcedores com outros dois Centros de Treinamento de Seleções (CTSs), um em São Paulo e outro na Bahia.

O esforço do Estado em trazer uma grande seleção levou uma comitiva oficial à Alemanha para entregar uma carta de garantias sobre os interesses dos alemães durante o período da Copa do Mundo.

Grandes seleções e aquelas com classificação encaminhada costumam tratar detalhes mais avançados em suas visitas aos CTSs. Além da Alemanha, o Japão apresentou grande interesse no Costão. Os nipônicos garantiram vaga na Copa e também perguntaram sobre detalhes específicos que desejariam durante a estadia.

Mas tanto japoneses quanto alemães demostraram a vontade de ficar em SC antes da oficialização do Il Campanario, em Jurerê Internacional, como campo-base. Esse projeto também atende a uma das maiores prioridades dos grupos: campos de treinamento e hotel próximos, com alto nível de conforto.

Outra prioridade das seleções é estar a no máximo três horas de voo dos locais dos jogos. Nesse ponto, SC fica longe demais do Norte e Nordeste, onde estão quatro sedes: Manaus, Natal, Recife e Fortaleza.

Mas não foi só de Japão e Alemanha que Santa Catarina chamou a atenção. Nos últimos dois meses, quatro seleções visitaram os base camps: França, Suécia, Coreia e Rússia. Quanto aos franceses, SC não estava nos planos iniciais, mas os bleus aceitaram o convite do Estado, vieram conhecer os projetos e gostaram. Devem voltar para mais visitas.

Porém, a definição das seleções que virão, até mesmo daquelas que estão bem encaminhadas, só deve ocorrer a partir de dezembro de 2013 e janeiro de 2014, quando os grupos e os locais de jogos dos países participantes devem ser confirmados oficialmente.
DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história