Rally Dakar começa neste domingo com o maior percurso da história da competição na América do Sul Vinicius Branca/Divulgação

Foto: Vinicius Branca / Divulgação

Dunas, montanhas e deserto de sal. Esses serão alguns dos obstáculos que os competidores do Rali Dacar irão enfrentar a partir de amanhã. Motos, quadriciclos, carros e caminhões percorrerão na edição de 2014 o maior percurso da história na América do Sul — mais de 9 mil quilômetros. A 36ª edição prova, que tem largada na cidade de Rosario, na Argentina, inclui passagem pela primeira vez pela Bolívia e não mais pelo Peru. A chegada será no dia 18 de janeiro, em Valparaíso, no Chile.

A caravana do rali passará por 14 cidades. Na Argentina, serão sete bases de apoio (Rosario, San Luis, San Rafael, San Juan, Chilecito, San Miguel de Tucumán e Salta), na Bolívia, apenas uma (Uyuni), e no Chile, seis municípios (Calama, Iquique, Antofagasta, El Salvador, La Serena e Valparaíso). Em 13 etapas, os competidores das motos e quadriciclos enfrentarão uma distância completa de 8.734 quilômetros, sendo 5.228 de cronometrados. Nos carros, os pilotos e navegadores terão 9.374 quilômetros de percurso total, dos quais 5.522 de trechos cronometrados (especiais). Os caminhões desafiarão 9.188 quilômetros, com 5.212 de especiais.

O Brasil será representado por seis participantes de duas equipes oficiais de fábrica: a Honda, com Jean Azevedo e Dário Júlio nas motos, e a Mitsubishi, com duas duplas nos carros, formadas por Guilherme Spinelli/Youssef Haddad e Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin.

Veja o inforgráfico com o percurso da prova em 2014


 

 Veja também
 
 Comente essa história