Em dia de público recorde, Chapecoense perde para o Grêmio por 2 a 1 Márcio Cunha/Especial

Foto: Márcio Cunha / Especial

A Arena Condá se pintou de maioria verde e branco no maior público da história mas o resultado foi azul, com vitória do Grêmio por 2 a 1. A Ala Sul, onde estava a torcida do Grêmio, foi quem comorou a grande atuação de Barcos, que teve três chances e fez dois gols. O resultado acende o sinal amarelo na Chapecoense, que tem apenas um ponto em quatro partidas. Não basta jogar bem se isso não se transforma em gols ou pontos.

.: Veja como foi o minuto a minuto da partida

A Chapecoense tinha completado 41 anos no sábado, a Arena Condá estava plena, com 19.165 torcedores e o clima era de festa. O time da casa dominou a partida nos primeiros 20 minutos. Tomo a iniciativa do jogo, foi para cima e criou boas chances de gol. Aos 13 minutos Ricardo Conceição recebeu libre dentro da área, no lado direito, mas o goleiro Marcelo Grohe saiu bem e fez uma bela defesa. Dois minutos depois Leandro conseguiu se livrar da zaga mas, na hora da conclusão, novamente Marcelo Grohe saiu bem e levou a melhor.

A partir da metade do primeiro tempo a Chapecoense foi perdendo força e foi a vez do Grêmio atacar. Dudu teve uma boa chance e Danilo fez a defesa. Mas, aos 30 minutos, Rodriguinho cobrou escanteio, Alan Ruiz escorou de cabeça para o meio da área e Barcos girou bem marcando o gol.

No início do segundo tempo, a Chapecoense novamente pressionou. Logo a um minuto André Paulino cabeceou na trave. Depois foi a vez de Alemão cobrar falta raspando o poste. Novamente, a pressão não deu resultado.

No contra-ataque, Dudu achou Barcos. E Barcos, mostrou como é ter intimidade com o gol. Ele driblou o zagueiro e bateu no canto, marcando 2 a 0. O Pirata fez mais uma vítima.

E o poste esquerdo da trave de Marcelo Grohe, também virou gremista. Depois André Paulino, foi a vez de Rafael Lima cabecear na trave. Mas a Chapecoense merecia o gol. E ele acabou saíndo, só nos descontos, com Tiago Luís. O Verdão só fez um e continua só com um ponto, na zona de rebaixamento.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE(1)
Danilo, Ednei, Rafael Lima, André Paulino e Neuton; Abuda (Alemão), Diones, Wanderson e Régis (Nenén); Leandro e Fabinho Alves (Tiago Luís).
Técnico. Gimar Dal Pozzo.

GRÊMIO (2)
Marcelo, Pará, Werley, Bressan e Wendell; Edinho, Riveros, Alan Ruiz (Luan), Rodriguinho (Ramiro) e Dudu (Zé Roberto); Barcos.
Técnico: Enderson Moreira.

Gol: Barcos (G), aos 30 minutos do primeiro tempo e aos 20 minutos do segundo tempo. Tiago Luís (C), aos 46 do segundo tempo.
Cartões amarelos: André Paulino e Rafael Lima (C),Dudu, Edinho e Luan (G)

Arbitragem: Dewson Fernando Freitas da Silva, auxiliado por Márcio Gleidson Correia Dias e Heronildo Freitas da Silva.
Local: Arena Condá, em Chapecó
Público: 19.165
Renda: R$ 595.640

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história