Lutador russo critica MMA feminino e polemiza: "Mulher deveria criar os filhos" Lion Fight/Divulgação

Foto: Lion Fight / Divulgação

A crescente participação feminina no MMA não passou despercebida por uma das lendas do esporte, Fedor Emilianenko, que deu uma declaração polêmica nesta semana. Em entrevista ao canal russo "CTVBY", o lutador criticou o MMA feminino e ainda afirmou que as mulheres deveriam ficar em casa para cuidar dos filhos.

— Respeito as mulheres que defendem a honra do seu país nas Olimpíadas, no wrestling, no boxe... Mas não apoio o MMA feminino. Uma mulher deveria ser uma deusa doméstica, criar os filhos e ser feminina. Há muitos esportes que poderiam ajudá-las, mas MMA não é um deles - comentou o russo, de acordo com o site americano "The Underground".

Fedor é uma das maiores lendas do mundo das artes marciais mistas, tendo realizado 39 lutas na carreira. Ao todo, o russo possui 34 vitórias, quatro derrotas e uma luta sem resultado em seu cartel no MMA. Em sua última exibição, o lutador nocauteou Pedro Rizzo no primeiro round, em julho de 2012.

LANCEPRESS

 DC Recomenda
 
 Comente essa história