Com gol de Everaldo, Figueirense bate o Vitória e mantém sequência invicta de Argel Arte/DC

Foto: Arte / DC

Argel Fucks está em alta. Neste domingo, o técnico do Figueirense chegou ao quinto jogo invicto no comando do Alvinegro, sendo a quarta vitória. A vítima desta vez foi o Vitória, em pleno Barradão, na Bahia. Desde que assumiu o comando do time, há exatamente um mês, Argel teve apenas um revés, no primeiro jogo, contra o líder Cruzeiro. Depois disso, somou 13 dos 15 pontos disputados. Com isso, levou o time da zona de rebaixamento para a 12ª colocação.

.: Confira o minuto a minuto do jogo
.: Veja a classificação completa da Série A

Demorou para o grupo engrenar neste domingo. Correria, chutão, passes errados. O começo da partida no Barradão mostrou afobação e falta de qualidade dos dois lados.

Jogando em casa e com a pressão para deixar a zona de rebaixamento, o Vitória tomou a iniciativa, ficou mais com a bola, mas não soube aproveitar o corredor aberto na lateral-direita que resultou em inúmeras bolas alçadas na área de Tiago Volpi, sempre seguro na defesa. O zagueiro Thiago Heleno também foi peça fundamental para cortar os cruzamentos insistentes de Nino.

Do outro lado, o goleiro Wilson não teve muito trabalho no primeiro reencontro com o Alvinegro. Mas foi obrigado a defender com o pé uma chegada de Marcão pelo lado direito e viu duas bolas cruzadas de Clayton ameaçarem o seu gol. Em uma dividida com o atacante alvinegro fora da área, o goleiro sentiu o tornozelo e não pode voltar para a segunda etapa do jogo. Mesmo caso do volante Luan, do Figueirense, substituído por Paulo Roberto.

O segundo tempo foi outro, e os times se soltaram. Ainda superior na posse de bola, o Vitória foi o primeiro a ter chances claras de abrir o placar, com um desvio na surpresa de Caio, seguido por um chute perigoso de Luís Aguiar.

No entanto, aos 18 minutos Argel Fucks fez uma substituição que mudou a história do jogo. Na segunda chance sob o comando do treinador, Everaldo entrou no lugar de Marcão, recebeu na entrada da área, ficou cara a cara com o goleiro e mandou para o fundo do gol. É o artilheiro do Alvinegro com quatro gols marcados neste Brasileirão.

A sorte ajudou a fechar a importante vitória do Figueirense fora de casa. Juan errou uma cobrança de pênalti, duvidoso, aos 35 minutos e deixou o Vitória na lanterna da Série A. Os catarinenses dão sequência à boa fase no próximo domingo, 31, diante do São Paulo, vice-líder, no Orlando Scarpelli.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA
Wilson (Roberto Fernández); Nino Paraíba, Kadu, Roger Carvalho, Juan; Adriano (Marcos Junior), Neto Coruja, Luís Aguiar, Dinei; Willian Henrique (Escudero) e Caio
Técnico: Éder Bastos (interino)

FIGUEIRENSE
Tiago Volpi; Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno, Roberto Cereceda; Luan (Paulo Roberto), Marco Antônio, Rivaldo, Giovanni Augusto; Clayton (Nirley) e Marcão (Everaldo)
Técnico: Argel Fucks

Gol: Everaldo aos 29 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos:  Roger Carvalho e  Caio (V); Luan e Rivaldo (F).

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ), auxiliador Janette Mara Arcanjo (MG) e Luiz Claudio Regazone (RJ)

Local: Estádio Barradão, em Salvador

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história