Com  três gols no segundo tempo, Avaí vence a Portuguesa e continua no G-4  RODRIGO GAZZANEL/FUTURA PRESS/

Diego Felipe (D) marcou o primeiro gol do Leão em São Paulo

Foto: RODRIGO GAZZANEL/FUTURA PRESS

A meta do Avaí era chegar aos 30 pontos no final do primeiro turno, e com duas rodadas de antecedência o Leão alcançou esse objetivo. Nesta terça-feira, com sofrimento, a equipe azurra bateu a Portuguesa por 3 a 1, com um gols dos volantes Diego Felipe, Revson e do atacante Roberto.

.: Veja como foi a partida no lance a lance 
.: Avaí confirma saída de Cleber Santana para o Criciúma
.: Leia mais notícias do Avaí
.: Confira a tabela da Série B do Brasileirão


Há exatos 62 dias no cargo de técnico do Avaí, Geninho mudou a história do clube na atual edição da Série B. Se antes da chegada do treinador o Avaí patinava, desde sua chegada o Leão se tornou um dos principais candidatos ao acesso à elite do futebol brasileiro.

Mas tudo no Avaí parece que precisa ser sofrido. O time vencia com tranquilidade a Lusa por 1 a 0 quando tomou o empate _ gol de Djalma _ no final da partida. O 1 a 1 parecia certo quando o volante Revson arriscou um chute de longe e garantiu os três pontos para o Leão. Nos acréscimos, Roberto ainda ampliou o placar.

O mau início azurra de Campeonato Brasileiro, marcando apenas 14 pontos em 10 rodadas prejudicou o time. O trabalho de Geninho é de recuperação e deixa o Avaí no G-4 com o mesmo time que o treinador Pingo.

Geninho comandou o Avaí em sete partidas e conquistou 16 pontos, um aproveitamento de 80%.

Expectativa de contratação

No Canindé, mais uma vez o que faltou para o Leão foi acertar as chances criadas. O único gol de atacante que marcou gol na noite de ontem foi de Roberto, no apagar das luzes. A falta de um jogador de área, um goleador, quase custou dois pontos para a equipe azurra. Porém, o treinador avaiano tem esperanças de que esse atleta possa chegar nas próximas semanas à Ressacada.

Nesta terça-feira, pelo seu site, o Avaí confirmou que o meia Cleber Santana está de saída para o Criciúma. Assim, o Avaí deverá receber um bom dinheiro por CS88, grana que deverá ser investida na contratação de um lateral-esquerdo e de um camisa 9.

— Nós perdemos um jogador importante e ele fez falta. Mas temos jogadores de qualidade no nosso elenco. Estamos no G-4, mas temos que manter os pés no chão pois não conquistamos nada ainda — analisou o volante Revson na saída do gramado do Canindé.

Se vencer o Santa Cruz na próxima rodada o Leão pode assumir a liderança da Série B.

FICHA TÉCNICA

PORTUGUESA


Rafael Santos; Régis Souza, Brinner, Diego Augusto, Jean Mota; Jocinei, Marcos Assunção, Dinélson (Djalma); Marcelinho (Júnior Alves), Serginho e Caio (Gabriel)

Técnico: Silas

AVAÍ

Vagner; Bocão, Pablo, Antônio Carlos, Marrone; Julio César (Revson), Eduardo Neto, Diego Felipe, Marquinhos; Anderson Lopes e Willen (Roberto)

Técnico: Geninho

Gols: Diego Felipe (A), aos 29, Djalma (P), aos 39, Revson (A), aos 41, e Roberto (A), aos 45 minutos do 2º tempo.
Cartões amarelos: Serginho e Régis Souza (P); Diego Felipe, Marquinhos e Antônio Carlos (A)
Arbitragem: Edmar Campos da Encarnação, auxiliado por Jander Rodrigues Lopes e Ivo Fernando da Costa de Sousa (trio de AM)
Local: Estádio do Canindé, em São Paulo
DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história