Guga chama a torcida para o jogo na Ressacada, que pode colocar o Avaí na liderança da Série B do Brasileiro Flávio Neves/Agencia RBS

Gustavo Kuerten invadiu o campo em 2008 para comemorar o acesso avaiano

Foto: Flávio Neves / Agencia RBS

A ótima campanha do Avaí na Série B do Campeonato Brasileiro tem empolgado o seu torcedor mais ilustre. Gustavo Kuerten, 38 anos, tricampeão de Roland Garros, tem se surpreendido com o bom desempenho de seu time de coração e espera que, hoje, às 21h, a torcida compareça na Ressacada para empurrar a equipe contra o lanterna Vila Nova. O duelo pode colocar o Avaí na liderança da competição. Isso porque, o Joinville empatou ontem por 1 a 1 com o Icasa e foi a 40 pontos, dois a mais que o time da Capital.

.: Confira a tabela da Série B
.: Roberto Alves: a emocionante noite do ex-presidente Zunino

— O Avaí está surpreendente e teve uma arrancada boa. O elenco comandado pelo Geninho tem um espírito coletivo, um objetivo claro. Agora é a hora de nós, torcedores, acompanharmos o time — disse, em entrevista por telefone.

— A reta final da Série B é sofrida. Já passamos por isso. Mas o time está confiante, isso é essencial. Eles entram em campo com uma postura vencedora, algo que tive durante a minha carreira, isso é confiança no próprio trabalho — acrescentou.

Guga nunca escondeu que seu time de coração é o Leão. Quando surpreendeu o mundo em Roland Garros, em 1997, declarou:

— Meu maior ídolo é o Jacaré, atacante do Avaí — mostrando seu amor pelo clube.

Mesmo longe — Guga está em São Paulo por causa do duelo do Brasil contra a Espanha pela Copa Davis —, o manezinho continua acompanhando e torcendo pelo time azurra.

— O time está no caminho certo. Perdeu o Cleber Santana, mas isso não influenciou no desempenho do time. Temos que empurrar eles, a Série B é muito complicada — finalizou Guga.

Geninho tem problema no meio de campo

Em campo, o técnico Geninho, terá apenas um problema. Eduardo Costa deve ser desfalque por causa de dores no joelho direito. O zagueiro João Filipe, que já tinha sido improvisado na posição, deve ser mantido.

Eduardo Neto, que estava suspenso, retorna à equipe. No ataque, Roberto continua ao lado de Anderson Lopes.

O Avaí vai estrear seu terceiro uniforme, já sem o patrocinador chinês, e busca encantar o torcedor em seu estádio, já que a última vitória do Avaí na Ressacada foi na 16ª rodada, quando bateu o América-MG por 2 a 0. Depois, foram dois empates sem gols, contra Santa Cruz e América-RN.

Os ingressos para a partida ainda estão a venda e podem ser comprados na bilheteria da Ressacada. No Setor A e nas cadeiras cobertas os tickets custam R$ 50 (R$ 25 a meia-entrada). Nos demais setores o valor do bilhete é de R$ 30 (R$ 15 a meia).

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história