Regularizado, Toshi pode ser o primeiro japonês a jogar pelo Avaí André Podiacki/Agência RBS

Toshi está regularizado no BID e pode entrar em campo pelo Leão

Foto: André Podiacki / Agência RBS

Em intercâmbio na Ressacada, Toshiya Tojo, 21 anos, espera uma chance no Avaí. O japonês está no clube há cinco meses e finalmente está regularizado. Depois de tirar sua carteira de trabalho, o atleta teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e está liberado para entrar em campo pelo Leão na Série B.

::: Leia mais notícias sobre o Avaí
::: Confira a tabela e os próximos jogos da Série B


— Ele está aqui aprendendo. Evoluiu muito nesses meses é um garoto bacana. A ideia é vir, aprender e depois voltar para o Japão — diz o gerente de Futebol do clube, Chico Lins.

Conhecido como Toshi, o atacante quer uma oportunidade no Avaí. Pode parecer improvável, mas até o final da temporada o japonês pode ter uma oportunidade.

— Ele está trabalhando, melhorou muito. Quem sabe até o final do ano ele pode ter uma oportunidade, está regularizado — explica Lins.

Toshi não é o primeiro estrangeiro que fez intercâmbio no Avaí. Em 2011, o ganês Mohamed Bawa chegou a Ressacada para um período de aprendizado nas categorias da base. Nunca chegou a entrar em campo. Pouco tempo depois foi para o Marcílio Dias.

Outros japoneses também estiveram na Ressacada. Em 2012, através do coordenador de Relações Internacionais do Avaí, Misaki Tsuruta, o clube trouxe dois jogadores de futebol japonês para o Leão: o atacante Takao Suzuki e o zagueiro Daiki Kato, que trabalharam junto com o elenco Sub-17.
DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história