Avaí apresenta os reforços Sander, Renan Oliveira, William Rocha e Claudinei Alvarélio Kurossu/Agencia RBS

Foto: Alvarélio Kurossu / Agencia RBS

Mais uma leva de reforços foi apresentada nesta terça-feira no auditório da Ressacada. Os laterais William Rocha e Sander, o volante Claudinei e o meia Renan Oliveira se juntam aos outros 27 atletas já confirmados e regularizados para a temporada 2015. Outros três ainda dependem de documentação para serem apresentados: o atacante André Rocha, o volante Tinga e o zagueiro Ronaldo Alves.

::: Leia mais notícias do Avaí

Dos quatro novos jogadores azurras, dois não são estranhos para a torcida catarinense. Assim como Pablo, apresentado na última leva, Claudinei e William Rocha tiveram passagens pelo rival Figueirense. O lateral, no entanto, não chegou a entrar em campo. Ele apenas participou da pré-temporada de 2012 no clube.

— Eu não tenho um sentimento de raiva ou de vingança. Eu não gosto de falar que tive essa passagem por lá. Acho que todo jogador que não é tratado como deveria ser, fica chateado. Mas pode ter certeza que eu vou dar minha vida para sair com uma vitória contra eles — explicou o lateral, que também atua como zagueiro, vindo do Atlético-PR.

Já para Claudinei, esta é a segunda vez que ele se coloca nos dois lados de um clássico. No futebol mineiro, ele atuou pelo América e pelo Atlético. Mas agora em Santa Catarina, ele vê a rivalidade com o Alvinegro ainda mais forte.

— Acho que se compara mais com Cruzeiro e Atlético-MG. Quando cheguei ao Figueirense (em 2012), brincavam que eu não podia sair de azul na rua, agora é de preto! — brinca.

Renan Oliveira, Avaí

Destaque nacional

Talvez, o mais badalado dos novos reforços desta leva seja o meio de campo Renan Oliveira. O atleta que estava no América-MG deste a metade do ano passado já teve passagens pelo Atlético-MG, Sport, Goiás e Coritiba. Além disso, ele atuou em sete jogos com a camisa da Seleção Brasileira Sub-20.

Com 25 anos, Renan espera que seu tempo no Avaí, agora um time de Série A, ajude ele em seu maior sonho: voltar a vestir a amarelinha.

— É o sonho de todo jogador vestir a camisa da Seleção. E acho que o Avaí vai me dar um suporte bacana para eu aparecer novamente no futebol nacional — comemora.

Bem diferente de Renan, Sander possivelmente é a grande aposta do Leão nesta temporada. O lateral-esquerdo começou no futebol profissional em 2014 quando teve passagens pelo São José-RS e pelo Rio Branco-AC.

Mas o canhoto de 1,76m já avisa: ele vai dar de tudo para comprovar a aposta da diretoria nele. E para isso, ele vai usar uma de suas características mais fortes.

— Minha principal característica é a agilidade, a velocidade. E em jogadas ofensivas isso se mostra mais, mas também me destaco na marcação.

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história