Com gol de pênalti, Santos vence o Figueirense no Scarpelli e abre vantagem na Copa do Brasil Charles Guerra/Agencia RBS

Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

Para chegar à semifinal da Copa do Brasil, o Figueirense precisará fazer algo que não consegue desde 2011: vencer o Santos. Esta noite no Estádio Orlando Scarpelli, o Furacão perdeu a sexta partida seguida para o Peixe, por 1 a 0. O gol de Gabriel, de pênalti aos 33 minutos do segundo tempo, dá uma bela vantagem ao time paulista, que agora pode empatar por qualquer placar no Pacaembu, dia 1º de outubro, às 21h, que continua na competição. Para passar de fase, o Furacão precisa vencer por mais de dois gols.

Confira outras notícias do Figueirense
Veja a tabela da Copa do Brasil

O primeiro jogo de Hudson Coutinho como técnico efetivo do Figueirense também teve uma surpresa e uma grande polêmica.

A surpresa da partida foi o time titular do Alvinegro Catarinense. Hudson tinha deixado nas entrelinhas que usaria um time misto, porém entrou em campo com força máxima. Porém, isso não foi o bastante. A equipe teve muitas dificuldades na criação das jogadas e a lesão de Dener, ainda no primeiro tempo, prejudicou o time. O volante Jefferson, que entrou no lugar de Dener, teve uma atuação apagada tanto que foi substituído no segundo tempo.

A polêmica da partida

O Figueirense tem reclamado da arbitragem, tanto que o presidente do clube, Wilfredo Brillinger, entregou um relatório para a CBF com erros contra o Furacão. Pois na partida desta quarta-feira o Alvinegro não tem o que reclamar. Aos 19 minutos do primeiro tempo, Lucas Lima cobrou falta na área e Gabriel empurrou para o gol. Os times já estavam posicionados para recomeçar a partida quando o assistente Alessandro Rocha Matos, da Bahia, chamou o árbitro gaúcho Anderson Daronco e avisou que o atleta santista estava impedido. Depois de muita confusão e reclamações Daronco anulou o gol.

O lance que não teve polêmica foi o pênalti marcado em Gabriel. Leandro Silva tentou acertar a bola dentro da área, mas acabou tocando apenas nas pernas do camisa 10 do Santos. Daronco marcou e o próprio Gabriel fez o gol da vitória.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE (0)
Alex Muralha; Leandro Silva, Bruno Alves, Thiago Heleno, Marquinhos Pedroso; Dener (Jefferson) (Rafael Bastos), Fabinho, João Vitor, Yago; Clayton e Marcão (Thiago Santana)
Técnico: Hudson Coutinho

SANTOS (1)
Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique, Zeca; Thiago Maia, Renato, Lucas Lima (Serginho); Gabriel, Marquinhos Gabriel (Marquinhos) e Ricardo Oliveira (Nilson)
Técnico: Dorival Júnior

Gols: Gabriel (S), aos 33 minutos do 2º tempo
Cartões amarelos: Gabriel e Vitor Ferraz (S)
Arbitragem: Anderson Daronco (RS-Fifa), auxiliado por Alessandro A Rocha de Matos (BA-Fifa) e Rafael da Silva Alves (RS)
Local: Estádio Orlando Scarpelli
Público total: 9.580
Renda: R$ 172.590,00

Clique na imagem e acesse o Guia Online do Campeonato Brasileiro
Guia Online do Campeonato Brasileiro 

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história