Figueirense anuncia a saída do técnico René Simões Cristiano Estrela/Agência RBS

René deixa o Figueirense após perder por 1 a 0 para o Avaí

Foto: Cristiano Estrela / Agência RBS

Os protestos da torcida do Figueirense tiveram resultado e apenas 1h40min depois do Furacão perder para o Avaí o clássico por 1 a 0 no Estádio Orlando Scarpelli o técnico René Simões foi demitido.

Castiel: "Figueirense agiu bem e rápido ao demitir René Simões"
Miguel: "Presidente jogou para a torcida com demissão de René"
Roberto Alves: "René Simões cometeu erros fatais"

O treinador nem chegou a completar um mês no comando do Furacão. Contratado no dia 17 de agosto para substituir Argel Fucks, que foi para o Internacional, Simões teve um aproveitamento de 41,6% no comando do time.

Foram oito jogos com três vitórias, um empate e quatro derrotas. Neste tempo o Figueirense fez cinco gols e sofreu 13. Apesar do ótimo início, com três vitórias seguidas e a classificação para as quartas de finais da Copa do Brasil, eliminando o vencedor da competição de 2014, o Atlético-MG, o treinador foi demitido pouco tempo depois da derrota para o Avaí no clássico.

VÍDEO: Marquinhos comemora vitória no clássico com família e primeiro técnico
Renan Oliveira, o herói avaiano no clássico
Avaí, mais objetivo, usa clássico para sair do Z-4 e colocar Figueirense na degola

Logo depois do apito final a torcida já manifestava sua insatisfação e fora do Scarpelli protestavam pedindo a saída do treinador que na entrevista coletiva mostrou tranquilidade sobre essa situação e planejava o time para enfrentar o Internacional no sábado, às 18h30min, no Beira-Rio.

Mais informações do Figueirense
Confira a tabela da Série A

Mas em uma reunião depois da partida com a diretoria do clube o treinador foi informado que por causa dos últimos resultados estava demitido.

 

Clique na imagem e acesse o Guia Online do Campeonato Brasileiro
Guia Online do Campeonato Brasileiro

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história