Ainda lesionado, Messi não quer forçar seu retorno aos gramados MIGUEL RIOPA/AFP

Foto: MIGUEL RIOPA / AFP

Lionel Messi não quer forçar sua volta aos gramados. Apesar dos jogos importantes em novembro pela seleção argentina e pelo Barcelona, o atacante afirmou em entrevista ao site Yahoo Sports que retornará quando estiver 100%.

— Estar lesionado é a pior sensação do mundo para um atleta. Desde o início, sabia que estava lesionado, que não era só uma pancada. O mais importante agora é voltar a estar 100% — declarou Messi.

Para Neymar, Bola de Ouro já tem dono: "Está reservada para Messi"

— Estou melhorando a cada dia, mas sem estabelecer qualquer objetivo. Sempre falei que não vou mirar nenhuma data, já que não depende de mim. Quando os médicos disserem que eu estou totalmente recuperado, voltarei aos campos — completou.

O argentino sofreu uma ruptura do ligamento colateral no joelho esquerdo, no dia 26 de setembro, no jogo contra o Las Palmas pelo Campeonato Espanhol.

Procuradoria da Espanha pede prisão de Messi por 22 meses, diz jornal espanhol

O prazo de recuperação para Messi é de 7 a 8 semanas. Uma recuperação dentro deste prazo seria benéfica ao Barcelona, que enfrenta em 21 de novembro o Real Madrid.

A volta de Messi também é muito esperada na seleção argentina, que recebem o Brasil no dia 12 de novembro, em Buenos Aires, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Irmão de Messi é detido por porte ilegal de arma, diz jornal argentino

*AFP
 DC Recomenda
 
 Comente essa história