Após boa sequência, JEC projeta mais duas vitórias, desta vez, fora de casa Rodrigo Philipps/Agencia RBS

Kempes afirma que confiança é a arma do grupo nestes jogos

Foto: Rodrigo Philipps / Agencia RBS

O sábado marcou o fim de um jejum para o Joinville no Campeonato Brasileiro. Depois de derrotar o Figueirense, o Tricolor finalmente conseguiu a tão sonhada sequência de duas vitórias, algo inédito até então. Mas os objetivos do time são mais ousados do que esta série. Agora, a meta é somar o maior número de pontos possíveis diante de Internacional e Ponte Preta. Ou seja, o JEC quer duas vitórias, mesmo jogando fora de casa.

Leia mais notícias sobre o JEC

Confira a tabela de jogos e a classificação da Série A

Confira opinião de Elton Carvalho no blog Toque de Letra

Para alcançar esta difícil missão, os jogadores terão de quebrar outro jejum: o de vitórias fora de Santa Catarina. O Joinville não vence fora do Estado há quase um ano. O último triunfo aconteceu contra o Sampaio Corrêa, em 4 de novembro, no jogo que marcou o acesso para a Série A.

Desde então, acumula vitórias fora de casa só diante de rivais catarinenses – Criciúma, Inter de Lages e Chapecoense (no Estadual) e contra o Figueirense (na Série A).

O desempenho como visitante na Série A, por sinal, é o pior entre os 20 clubes – apenas 13,3% de aproveitamento.

— Logicamente que isso (a sequência contra Coritiba e Figueirense) não nos credencia a vencer fora de casa, mas a confiança aumentou em todos jogadores e vamos fazer nosso melhor para conseguir o objetivo — afirmou o atacante Kempes, destaque do Joinville no sábado passado.

E é com esta confiança que Kempes projeta o maior número de pontos possíveis nas viagens a Porto Alegre e Campinas.

— Vamos ter muitas dificuldades, mas temos que confiar no nosso potencial, temos que pontuar porque ainda estamos numa situação ruim — reforça.

Mesmo que vença o Internacional, no próximo sábado, o Joinville ainda não deixará a zona do rebaixamento. Se a rodada ajudar – com tropeço de todos os rivais –, o Tricolor conseguirá, no máximo, igualar a pontuação do Avaí, primeira equipe fora do Z4.

O grande problema é que o Leão soma duas vitórias a mais do que o JEC. Por este motivo, só será possível sair da zona da degola com mais dois resultados positivos nesta sequência de jogos fora de Joinville.

A NOTÍCIA
 Veja também
 
 Comente essa história