Arrascaeta marca, Cruzeiro vence o Goiás e alimenta sonho do G-4 Adalberto Marques/AGIF/Lancepress!

Foto: Adalberto Marques / AGIF/Lancepress!

O Cruzeiro pode manter vivo o sonho de participar da próxima edição da Copa Libertadores. Com a vitória por 1 a 0 sobre o Goiás, neste domingo, no Serra Dourada, pela 32ª rodada do Brasileirão, o time mineiro fica a seis pontos do Santos, quarto colocado. Os goianos, por sua vez, chegaram à quinta derrota consecutiva e seguem em 18º, lutando contra o rebaixamento. A equipe de Danny Sérgio está a três pontos do Avaí, primeira equipe fora do descenso.

Em jogo morno, Grêmio empata com o Vasco no Maracanã

Um Goiás combalido e apático, sobretudo depois de quatro reveses consecutivos. Era isso o que se esperava do time que estreou o técnico Danny Sérgio no jogo diante do Cruzeiro. Entretanto, nos primeiros 45 minutos, a apresentação do mandante saltou aos olhos. Bruno Henrique, Erik e Zé Love renderam mais que nos jogos recentes e só não balançaram a rede adversária porque foram parados pelas milagrosas mãos do goleiro Fábio.

Corinthians vence Flamengo, garante Libertadores e se aproxima de título

Se na defesa o camisa 1 foi praticamente perfeito, no ataque a situação foi distinta. Principal nome da equipe desde a chegada de Mano Menezes, o atacante Willian não estava com a pontaria calibrada e encontrou dificuldades. Em duas oportunidades, o camisa 25 perdeu chances que não está acostumado. Na segunda, inclusive, quase acertou o poste esquerdo de Renan.

Alan Kardec e Pato decidem, e São Paulo afunda o Coritiba no Couto Pereira

O Cruzeiro mais consistente no segundo tempo. Mano Menezes avançou suas linhas e permitiu que os atletas chegassem com mais frequência ao campo de ataque. À vontade em campo, Willian seguiu infernizando a defesa adversária. Ele criou o lance que acarretou no gol de Giorgian De Arrascaeta. Depois de finalização de longa distância, o uruguaio aproveitou rebote de Renan para marcar.

Confira a tabela do Brasileirão

Mesmo que tenha demonstrado muita vontade, o Goiás encontrou dificuldades para se desvencilhar da marcação e balançar a rede. As melhores chances do time seguiram parando nas mãos de Fábio. O zagueiro Fred cobrou falta da intermediária e exigiu mais um milagre do capitão cruzeirense.

*LANCEPRESS

LANCEPRESS
 DC Recomenda
 
 Comente essa história