Barcos da Regata Jacques Vabre largam na próxima semana da França rumo a Itajaí Divulgação/Equipe MACIF

Equipe Macif, da classe Ultime, treina para participar da regata. Os veleiros dessa classe tem 102 pés e são os maiores barcos a vela de competição. Essa é a primeira vez que eles vêm para o Brasil

Foto: Divulgação / Equipe MACIF

Faltando duas semanas para a largada da 12ª edição da Regata Transat Jacques Vabre, as 42 duplas que participam da competição estão em ritmo acelerado e cumprem a última etapa de qualificação antes da prova. Os barcos partem de Le Havre, na França, no dia 25 de outubro, rumo a Itajaí. O trajeto possui mais de 5,4 mil milhas náuticas (cerca de 10 mil quilômetros).

Leia mais sobre a Transat Jacques Vabre:
Prefeitura de Itajaí confirma Regata Jacques Vabre e Marejada
Itapema vai participar da programação da Jacques Vabre
Organização avalia que sucesso de 2013 garantiu retorno da regata a Itajaí
Disputa de grandes veleiros e prova comemorativa vão marcar regata

A etapa de qualificação é uma regra do evento e vale para as quatro classes participantes. Tudo isso serve como preparação, além de atestar que a equipe e o barco estão em condições de participar da travessia.

Primeira dupla brasileira na história da competição, Edu Penido e Renato Araújo estão liberados para largar. Eles estão na França desde setembro com o objetivo de intensificar os treinos e preparar o barco da Class40 para a disputa. Os dois navegarão a bordo do barco Zetra, o mesmo que venceu a edição de 2013 da competição com outra bandeira.

– Acho que o nosso maior problema é o entrosamento, pois treinamos pouco juntos. Por isso, nós estamos treinando muito aqui na França. Ainda tem muito trabalho para arrumar tudo – afirma o campeão olímpico Eduardo Penido.

Regata terá 84 velejadores

Em Le Havre largarão quatro classes divididas entre monocascos e multicascos. Por ordem de tamanho, a Class40 (veleiros de 40 pés) contará com 14 duplas, a Multi50 (50 pés) terá quatro, a IMOCA (60 pés) terá 20 e a Ultime (barcos de até 102 pés) outras quatro duplas. Ao todo, serão 84 velejadores ao longo da mais extensa travessia transatlântica.

Leia todas as notícias sobre a Regata Jacques Vabre

Todas as equipes deverão se apresentar na Bacia Paul Vatine, em Le Havre, até sexta-feira, dia em que a Vila da Regata abrirá para a visitação do público francês. A prefeitura de Itajaí contará com um estande na cidade para apresentar o município.

A previsão de chegada das primeiras equipes ao litoral catarinense é em 4 de novembro; já os brasileiros são esperados a partir do dia 10. Esta é a segunda vez que a competição terá a cidade catarinense como chegada. Em 2013, a regata reuniu mais de 220 mil visitantes em Itajaí.

 Vila da Regata em Le Havre, na França, se prepara para receber a Regata Jacques Vabre
Foto: Divulgação | Vila da Regata em Le Havre, na França, recebe preparativos


Atrações circenses e quadras de areia são novidades na Vila da Regata

A Vila da Regata em Itajaí vai reunir atrações gratuitas e novidades para os visitantes, além de receber a edição de 2015 da Marejada. O secretário de Turismo do município, Agnaldo Hilton dos Santos, adianta que neste ano haverá atrações circenses e quadras de areia para disputa de competições como beach tennis e beach soccer.

– O espaço circo é uma das novidades desta edição. Teremos ainda espaço Sesc, cinema, montanha-russa virtual, a Vila do Esporte e uma série de atrações gratuitas – afirma.

Atraso no pagamento de royalties ameaça Regata Jacques Vabre

O Centreventos receberá ainda uma feira de negócios durante o evento. As atrações musicais ficarão por conta de artistas itajaienses durante todos os dias. Na parte da gastronomia, a comunidade poderá acompanhar o Flynn Chefs – uma programação com chefes franceses no Restaurante Internacional da Vila, que ensinará receitas gratuitamente ao público.

– Dois pavilhões gastronômicos com 12 restaurantes também serão instalados na Vila. Os preços variam entre R$ 8 e R$ 30 – conta.

O cardápio inclui sushi, paella, frutos do mar, hambúrgueres e massas. Já a tradicional sardinha na brava terá espaço extra nesta edição, garante Santos. Segundo o secretário, para evitar filas haverá dois pontos para venda do produto que é tradição e sucesso absoluto na Marejada.

A Vila da Regata funcionará de 3 a 15 de novembro – de segunda a sexta das 18h às 23h, e aos sábados, domingos e feriados das 11h às 23h. A expectativa é receber cerca de 200 mil pessoas.

Os números da regata:

42 barcos

5.400 milhas náuticas a serem percorridas

4 classes, com 14 barcos na Classe40, 4 na Multi50, 20 na Imoca e 4 na Ultime

84 velejadores

O SOL DIÁRIOA
 Veja também
 
 Comente essa história