Blatter foi ouvido pela Comissão de Ética antes de ser suspenso Rodrigo Arangua/AFP

Foto: Rodrigo Arangua / AFP

Joseph Blatter foi ouvido pela Comissão de Ética da Fifa antes de sua suspensão, na presença de seus advogados. A informação foi revelada nesta sexta-feira por um porta-voz da própria comissão, contrariando a versão da defesa do suíço.

Blatter afirma que Comissão de Ética "não respeitou suas próprias regras"

A audiência aconteceu no dia 1º de outubro, uma semana antes do anúncio da suspensão de 90 dias. Ainda segundo o porta-voz, Michel Platini, presidente da Uefa e também suspenso, foi ouvido na mesma data.

Depois do anúncio da suspensão, os advogados de Blatter emitiram um comunicado afirmando que "a Comissão de Ética da Fifa não respeitou suas próprias regras".

Suíça autoriza extradição de mais um dirigente da Fifa para os EUA

Com a decisão, a Fifa afastou Blatter da presidência e nomeou como presidente interino o presidente da Confederação Africana de Futebol, o camaronês Issa Hayatou.



Luiz Zini Pires: novo número 1 da Fifa é da velha turma de Blatter

Os advogados de Blatter confirmaram nesta sexta-feira, em um comunicado a apresentação de um recurso para a suspensão.

— Confirmamos que pedimos à Câmara de Procedimento da Comissão de Ética que se reúna novamente e que apresentamos um recurso perante a Comissão de Apelação da Fifa — afirmaram.

Patrocinadores da Fifa pedem renúncia imediata de Blatter


Imagens: AFP

Presidente da Confederação Africana, Issa Hayatou assume a Fifa interinamente

ENTENDA AS SUSPENSÕES NA FIFA

Blatter e o presidente da Uefa, Michel Platini, foram suspensos por 90 dias pela Comissão de Ética da Fifa, nesta quinta-feira. A suspensão foi motivada pelo envolvimento de Blatter e Platini em um caso de "pagamento desleal".

Além disso, Chung Mong-joon, ex-vice-presidente da Fifa e candidato à sucessão de Blatter, foi suspenso por seis anos de todas as atividades relacionadas ao futebol. Jerome Valcke, secretário-geral da Fifa que foi demitido em setembro, também foi suspenso provisoriamente por 90 dias.

Valcke é causado de envolvimento em um caso de revenda de ingressos no mercado negro. Chung, que além da suspensão também foi condenado a pagar uma multa 100 mil francos suíços (91 mil euros), é acusado de tentativa de favorecer seu país, a Coreia do Sul, na escolha da sede da Copa do Mundo de 2022, atribuída ao Catar.

Candidato à presidência da Fifa dispara: "Comparar a Fifa à máfia é insulto à máfia"

*ZHESPORTES
 Veja também
 
 Comente essa história