Campeão em 2014, Michael Rodrigues quer repetir a dose no Red Nose Pro 15 em Florianópolis Betina Humeres/Agencia RBS

Michael Rodrigues quer conquistar o bicampeonato na etapa em Floripa

Foto: Betina Humeres / Agencia RBS

As ondas da Joaquina ele já conquistou, agora o surfista Michael Rodrigues tem a chance de se tornar bicampeão da etapa de Florianópolis do WQS na Praia do Santinho, no Red Nose Pro 15 a partir do dia 20, no norte da Ilha.

Circuito de corrida e natação Rei e Rainha do Mar chega a Florianópolis

Ano passado ele chegou perto da vaga para a elite do surf mundial, o WCT, e agora, na 14ª colocação do Qualifying Series (QS), o brasileiro está de novo beliscando uma vaga entre os melhores. E vencer a disputa aqui ajudaria e muito, já que o campeão fatura 6 mil pontos no ranking.

Catarinense Tomas Hermes avança na etapa da França do Mundial de Surfe

�— Estou bem, mas existem muitas coisas a serem melhoradas, como trabalhar mais o power surf, por exemplo. Acredito que estamos no caminho certo e não tem conta errada. É só trabalhar forte que o resultado vem — comentou ele.

Alejo Muniz sofre lesão no joelho e fica fora do restante do circuito WSL

A disputa em Floripa reunirá 170 atletas de 24 países, com 150 mil dólares em premiação, sendo 25 mil apenas para o campeão. Nascido em Brasília, Michael adotou a Barra da Lagoa para morar, por isso ele sabe que terá torcida nas areias do Santinho.

VÍDEO: surfista "gaúcha-havaiana" pega onda perfeita e tira nota 10 na França

— Florianópolis é um lugar que amo, mas devido ao calendário de competições passo pouco tempo aqui. Estou sempre viajando, então só de poder surfar em casa, com a presença dos meus melhores amigos, da minha namorada e dos meus patrocinadores, já vou estar muito feliz. Na verdade, não vejo a hora de competir esse evento — afirmou.

Além de Michael Rodrigues, o Red Nose Pro 15 contará com os brasileiros que brigam pelas vagas, incluindo os já garantidos, Alex Ribeiro e Caio Ibelli. Também estão confirmados Jessé Mendes, Bino Lopes, Hizunomê Bettero, Thomas Hermes, David do Carmo, Heitor Alves e Deivid Silva. Entre os estrangeiros, estarão o norte-americano Kanoa Igarashi, o australiano Ryan Callinan e os franceses Joan Duru e Maxime Huscenot.
HORA DE SANTA CATARINA
 DC Recomenda
 
 Comente essa história